terça-feira, 12 novembro , 2019

A magia do baobá na obra de Saint Exupéry e Mia...

O baobá, também chamado de embondeiro, ou imbondeiro, talvez seja a árvore em torno da qual mais existam lendas, em todo o mundo. Árvore de idade incerta, posto que a sua madeira não possui anéis de crescimento, sua imponência, sua força, a fantasia que a envolve desafiam a imaginação humana.

OS SETE SAPATOS SUJOS, por Mia Couto

Todos os dias somos confrontados com o apelo exaltante de combater a pobreza. E todos nós, de modo generoso e patriótico, queremos participar nessa batalha. Existem, no entanto, várias formas de pobreza.

As Vagas e os Lumes de Mia Couto

Por Nara Rúbia Ribeiro Confesso que sempre que me deparo com qualquer obra nova do Mia eu me sinto um tanto conturbada. Ansiosa pela leitura,...

30 pérolas de Mia Couto, no livro Vozes Anoitecidas

Por Nara Rúbia Ribeiro Para que conheçamos um pouco da luminosidade da obra "Vozes Anoitecidas", de Mia Couto, colhemos e listamos aqui 30 pérolas cujo...

10 motivos para amar Mia Couto

Por Nara Rúbia Ribeiro e Josie Conti Realizamos uma pergunta aberta aos fãs de Mia Couto nas páginas do Facebook Mia Couto Oficial e CONTI...

MIUDÁDIVAS, PENSATEMPOS, por Mia Couto

MIUDÁDIVAS, PENSATEMPOS(A Manoel de Barros, ensinador de ignorâncias)Estou sem texto, enriquecido de nada. Aqui, na margem da floresta, me desbicho sem vontades para humanidades. Entendo...

Mia Couto: uma crônica sobre a cidade da Beira

Mia Couto nasceu em 1955, na Beira, Moçambique. É biólogo, jornalista e autor de mais de trinta livros, entre prosa e poesia. Seu romance Terra...

“Inundação”, um conto de Mia Couto

Há um rio que atravessa a casa. Esse rio, dizem, é o tempo. E as lembranças são peixes nadando ao invés da corrente. Acredito,...

Mia Couto: “Há quem tenha medo que o medo acabe”

A fala é de 2011, durante a Conferência do Estoril daquele ano. Em um papo sobre segurança, o escritor moçambicano Mia Couto — um dos meus preferidos e...

A infinita fiandeira, por Mia Couto

A aranha, aquela aranha, era tão única: não parava de fazer teias! Fazia-as de todos os tamanhos e formas. Havia, contudo, um senão: ela...

“UM SONHADEIRO ANDA POR AÍ, POR LONJURAS E AVENTURAS”

Eu gosto que você continue sonhando, mesmo que seja com impossíveis miúdas. - Estou sonhando em justa causa, Doutor. Porque eu, se não fosse o...

O menino que escrevia versos- por Mia Couto

Mia Couto nasceu em 1955, na Beira, Moçambique. É biólogo, jornalista e autor de mais de trinta livros, entre prosa e poesia. Seu romance Terra...

Foi por Mia Couto que nasceu o Atlântico. Conheça a história.

Ninguém é capaz de prever o impacto das palavras. A alma poética de Mia Couto atravessou fronteiras e mares, isso é sabido. O que...

Memória de um amor que nunca foi- Mia Couto

Mia Couto nasceu em 1955, na Beira, Moçambique. É biólogo, jornalista e autor de mais de trinta livros, entre prosa e poesia. Seu romance...