sexta-feira, 15 fevereiro , 2019

Bird Box: Psicóloga desvenda mensagens subliminares do filme

Aqui apresentamos uma análise elaborada pela psicologa Gabriela Granero, vale muito a pena a leitura.

Para quem não entendeu Bird Box…. (SPOILERS)

Uma leitura psicanalítica que vai além do aparente clichê do filme e confirma que a profundidade de um material pode estar mais em quem o vê do que no que é visto.

“Este curta é uma ferramenta para trabalhar contra o bullying” diz...

O curta não usa diálogos para expressar os sentimentos das crianças, consequentemente, independentemente de idioma, etnia ou bandeira, todos são capazes de entender a mensagem de amor e inclusão.

Bohemian Rhapsody: a música dá sentido às nossas vidas

Contra todas as probabilidades, Queen conseguiu cativar o público mais heterogêneo, mostrando que a qualidade não tem que ser antônimo de vendas.

“Piper”: Um curta-metragem bonito e emocionante para superar medos

Na verdade, é uma obra de arte para compartilhar com as crianças, quando eles estão passando por esse estágio em que crescer parece intimidante. Assim, eles podem aprender que, com coragem, eles podem não apenas superar seus medos, mas também aproveitá-los e desfrutar de todas aquelas coisas que o medo limita.

8 filmes na Netflix para começar a sentir o espírito de...

Não há nada melhor do que um bom filme romântico misturado e aprimorado com a magia do Natal . Falta menos de um mês para o feriado mais especial do ano, e vale a pena começar a cultivar o espírito.

“A maldição da Residência Hill” retornará à Netflix com reviravolta inesperada!

Ainda estamos aguardando que o Netflix confirme oficialmente o retorno da segunda parte de "A Maldição da Residência Hill", mas o ator Henry Thomas , que interpreta Hugh Crain quando jovem, o pai, já deu sinal verde. Ele admitiu que já está agendado para a nova temporada e que Mike Flanagan, diretor da série, já pensa no futuro.

Estréia da Netflix: um documentário sobre a ligação entre as pessoas...

É muito óbvio que se eles amam os cães metade do que eu amo, o documentário lhe fará chorar até a última lágrima do seu corpo.

“Como água para chocolate” vai se tornar uma série da Netflix...

A trilogia do romance "Like water for chocolate" se tornará uma série de televisão da Netflix e apesar de ser uma excelente notícia por ser um clássico, muitos acham que pode ser um erro.

Lições de Psicologia do filme “Grandes Olhos”

Quero de antemão dizer que contarei spoilers desse filme. Portanto, se você ainda não o assistiu, por favor, assista e leia o texto em seguida, até pra facilitar o entendimento ok?

Qualquer coisa pode ser pretexto para aprender

Qualquer coisa pode oferecer oportunidade de aprendizado? De tudo podemos extrair alguma lição? Eu achava que não, mas até as situações mais improváveis acrescem saberes duráveis a depender da experiência e dos indivíduos envolvidos.

EMOCIONANTE CENA EM QUE O ATOR AL PACINO DANÇA UM TANGO...

"Existem cenas de dança que nos apresentam um personagem, de maneira tão espetacular, que não haveria roteiro no mundo que o fizesse melhor em diálogos..." Octavio Caruso

Charlie Chaplin – Smile (Legendado)

Smile é uma canção composta por Charlie Chaplin originalmente em 1936, para seu filme, Tempos Modernos.

Aqueles que choram vendo filmes são psicologicamente mais fortes

Chorar não é motivo de vergonha. É sinal de humanidade que indica uma emoção, pode ser tristeza, felicidade, raiva, nostalgia, acima de tudo, sintoma de empatia. E pessoas assim tendem a ser socialmente mais bem-sucedidas.Choramos com filmes porque somos empáticos

INDICADOS