terça-feira, 22 janeiro , 2019

“Miudezas”, poema de Manoel de Barros

Percorro todas as tardes um quarteirão de paredes nuas. Nuas e sujas de idade e ventos. Vejo muitos rascunhos de pernas de grilos pregados nas pedras. As pedras, entrentanto,...

Para saborear Manoel de Barros: um passeio estético que vocês merecem...

Por Josie Conti Se Manoel de Barros descreve a essência, a pureza e as próprias insignificâncias da vida, nas obras abaixo, o artista plástico lituano Laimonas...

Em 45 segundos, um lindo poema de Manoel de Barros

Abujamra lê Poema de Manoel de Barros. Em 45 segundos, milhares de encantamentos. A Poesia -  Manoel de Barros A poesia está guardada nas palavras — é...

O poema que Mia Couto escreveu para Manoel de Barros

No Brasil, uma das maiores propagadoras dos textos do escritor moçambicano Mia Couto é Nara Rúbia Ribeiro. Nara, além de advogada, professora e...

ADEUS A MANOEL DE BARROS

Depois de enfrentar sérias complicações de saúde, Manoel de Barros, 97 anos, faleceu hoje (13 de novembro  de 2014) em Campo Grande, Mato Grosso do Sul.

“A Língua das Coisas”, curta metragem inspirado na obra de Manoel...

Curta-metragem selecionado pelo programa Curta Criança do MINC e TV Brasil, livremente inspirado na obra de Manoel de Barros, exibido e premiado em festivais de cinema no Brasil e no exterior.

Senado aprova criação do Prêmio Literário Manoel de Barros

A comissão de Educação do Senado aprovou o projeto que institui o Prêmio Mérito Literário Manoel de Barros de Poesia. A proposta relatada pela...

“Difícil fotografar o silêncio”, Manoel de Barros

Manoel de Barros é um dos principais poetas contemporâneos do Brasil. Fala da simplicidade e das "pequenezas" da vida. Abaixo, confira um poema que demonstra sua...

“Eu penso renovar o homem usando borboletas”

Por Nara Rúbia Ribeiro Tenho a mania interiorana de ouvir conversa alheia. Certo dia, goiana que sou, sentei-me no mercado central de Goiânia para comer...

“Joaquim Sapé” poema espetacular de Manoel de Barros

Os ornamentos de trapo de Joaquim Sapé já estavam criando cabelo de tão sujos. Joaquim atravessava as ruelas da Aldeia como se fosse um Príncipe. Com aqueles ornamentos...

2 poemas mágicos para ler na madrugada

Eu não entendo o motivo das madrugadas serem relacionadas ao sombrio, ao lado negro da existência... Ausência de luz externa pode ser o espaço necessário...

LÍNGUA DE BRINCAR: documentário inédito com Manoel de Barros

Uma carta, escrita por Lucia Castello Branco para Manoel de Barros, traça o caminho de uma viagem ao encontro do escritor, percorrendo sobretudo a...

O menino que carregava água na peneira

O poeta Manoel de Barros é de uma ternura imensurável. Quando fala de crianças, da infância, da sua iniciação na arte de ver a...

INDICADOS