Técnica japonesa para eliminar o estresse

É fácil aprender e podemos usá-la a qualquer momento. Confira agora mesmo.

CONTI outra

Essa técnica japonesa para eliminar o estresse  é baseada em uma estratégia bem conhecida e cada vez mais difundida: estamos falando da “acupressão”.

Este quadro terapêutico tem suas raízes na medicina tradicional chinesa.

É, em essência, um exercício muito simples que usa as mãos ou os dedos para exercer uma pressão moderada e concreta em várias áreas da palma da mão, na sola do pé e até na aurícula.

É fácil aprender e podemos usá-la a qualquer momento. A acupressão também tem uma base científica e uma eficácia notável, por isso é sempre um bom momento para colocar em prática novos mecanismos para lidar com os efeitos do estresse.

No entanto, devemos perceber que se nossos estados de estresse são mantidos ao longo do tempo, não devemos hesitar em consultar um profissional especializado.

O que a ciência nos diz sobre o método japonês para reduzir o estresse

O esgotamento e a fadiga, somados às obrigações e encargos, formam uma combinação prejudicial à nossa saúde. O estresse é comum e nos tira a saúde e tranquilidade.

Nos momentos em que as coisas no trabalho ou em casa se tornaram complicadas, aconselhamos que você execute essa técnica oriental. A eficácia e validade desta estratégia é muito positiva. Um exemplo disso é dado em um estudo realizado no Centro Médico Kaiser, em Santa Rosa, Califórnia.

Neste hospital, os enfermeiros foram treinados nesta técnica, que está incluída no que é conhecido como Jin Shin Jyutsu.

O objetivo do Jin Shin Jyutsu era reduzir o estresse em pacientes internados no hospital.
O curso de treinamento consistiu de três sessões de duas horas, nas quais as enfermeiras aprenderam a aplicar a acupressão em diferentes partes do corpo do paciente, especialmente as mãos.

Os resultados foram significativos: as pessoas internadas se sentiram mais relaxadas.
A teoria e a prática indicam que a técnica japonesa para combater o estresse pontual ou moderado é eficaz.

Como realizar a técnica japonesa para eliminar o estresse

Técnica de pressão nas emoções

A medicina chinesa nos diz que as mãos estão conectadas ao cérebro, pontualmente, à área que lida com as emoções.

  • O polegar está associado a preocupações e estresse.
  • Indicador: Medo
  • Dedo médio: raiva
  • Anelar: Depressão, tristeza e indecisão.
  • Dedo mindinho: pessimismo, falta de energia e ansiedade.

Para ser capaz de realizar um primeiro exercício, devemos fechar o punho esquerdo envolvendo um dos dedos da mão direita sobre ele.

Em seguida, vamos exercer pressão apenas com o dedo específico do problema. Se foi estresse, então deve-se pressionar o polegar. Mantenha a posição por 30 segundos, descanse mais 30 e comece novamente quantas vezes quiser ou puder.

Abra uma das mãos e preste atenção ao dedo que corresponde à sua situação.
Pressione as duas falanges por alguns minutos usando o polegar e o indicador da outra mão ou com o punho fechado para que o dedo em questão esteja “travado”. Depois de terminar, mude a mão e repita o exercício.

Estas técnicas não só nos ajudam em casos de estresse ou problemas emocionais, mas também para aliviar doenças físicas. Nesse caso, explicamos a você para que cada dedo “serve”:

  • Polegar: Estômago e baço, dores de cabeça ou problemas de estômago e pele.
  • Indicador: Rins e bexiga, dores musculares e problemas digestivos.
  • Médio: vesícula biliar e fígado, dor menstrual ou na cabeça, problemas visuais ou sanguíneos e fadiga.
  • Anelar: Cólon e pulmões, indigestão, problemas respiratórios (especialmente asma).
  • Mindinho: Coração e intestino, problemas nos ossos.

Mais técnicas orientais para combater o estresse

Parece que os asiáticos são especialistas em alcançar um estado “zen” de tranquilidade e bom humor. Portanto, a maioria dos exercícios ou métodos que são aconselhados vêm desse continente.

Além de aproveitar os benefícios da técnica dos dedos se você tiver um grau de estresse muito alto, recomendamos os seguintes:

Yoga

É proclamado pela meditação e pela possibilidade de unir o corpo à alma.

Ao longo da história, vários ramos da yoga foram desenvolvidos, mas todos têm o mesmo propósito: alcançar um equilíbrio entre o físico e o espiritual.

Entre os muitos benefícios do yoga estão: perder peso, eliminar a dor (especialmente nas costas), tonificar os músculos, proporcionar flexibilidade e combater a depressão e o estresse. O relaxamento é conseguido por várias posições de acordo com cada pessoa.

Banho de floresta

Para poder praticar esta técnica conhecida como “Shinrin Yoku” é necessário andar descalço por um parque ou um campo.

A ideia é que, ao caminhar, a natureza deve entrar no corpo através dos cinco sentidos. Serve para melhorar o humor, a criatividade e a saúde. A ideia é andar no gramado, pelo menos uma hora, duas vezes por semana.

É necessário que você preste atenção apenas ao que o rodeia e que desfrute de um delicioso chá ou suco de frutas enquanto caminha. Celulares ou distrações não são permitidos.

Segundo estudos, os banhos também permitem reduzir a pressão arterial, o cortisol (o hormônio do estresse) e a ansiedade , ao mesmo tempo em que fortalece o sistema imunológico e estimula as funções cognitivas.

Taichi

É uma disciplina oriental que visa encontrar o equilíbrio perfeito entre corpo e mente usando movimentos lentos mas vigorosos. Certamente você já viu pessoas praticando em um parque; é divertido e para todas as idades.

É uma arte marcial, mas também uma atividade para relaxar. Entre seus benefícios encontramos uma diminuição no estresse, incentivo físico, eliminação da rigidez corporal e fluidez da energia positiva.

Shiatsu

Ajuda-nos a aliviar todos os tipos de desconforto causados ​​pelo estresse, como ombros rígidos e costas.

Baseia-se em exercer pressão sobre vários pontos específicos do corpo, cada um relacionado com o sistema nervoso e órgãos.

Reduz as tensões e ativa a energia , mas também elimina as toxinas, regula a pressão arterial e a ansiedade e elimina os distúrbios do sono.

Do-in

Esta prática foi inventada na China e visa melhorar a qualidade de vida das pessoas idosas. Baseia-se numa série de exercícios respiratórios para reduzir os nervos, estimular o equilíbrio e alcançar a serenidade.

Eles também usam nos escritórios em momentos críticos. Entre suas vantagens: permite uma respiração consciente e adequada, ajuda a meditar, fortalece os músculos, recupera o sono e elimina o estresse ou a tensão.

Aikido

É também uma arte marcial mas, ao contrário do karate ou do taekwondo, promove a serenidade mental, rejeita a violência e respeita as outras pessoas.

Os movimentos são circulares e permitem melhorar a capacidade de concentração enquanto equilibra a mente, elimina o estresse e tonifica os músculos. O significado da palavra “aikido” significa caminho de energia e harmonia.

Para concluir, ao lidar e gerenciar condições psicológicas como o estresse, temos diferentes abordagens. A medicina chinesa, bem como as práticas orientais refletidas aqui, podem ser úteis para nós. No entanto, nunca é demais lembrar que, em face do estresse e ansiedade persistentes, é aconselhável consultar um profissional especializado.

***

Tradução feita pela CONTI outra, do original de Mejor con Salud

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.