Logo que chegou em um abrigo de animais na cidade de San Bernardino, Califórnia (EUA), o pit bull de nome Cruz foi vítima do estigma que a sua raça carrega, sendo visto como “agressivo”, sem que antes tenham lhe aplicado testes e sem que seu histórico fosse checado.

Ao notar o animal encolhido em seu canil, claramente muito triste, uma das voluntárias do abrigo, Maria Sanchez, se ajoelhou e pôs-se a conversar com o doguinho. Aos poucos, Cruz foi assimilando o tom de voz amigável da mulher e foi se aproximando, até chegar perto o suficiente para que ela pudesse acariciá-lo.

Após um longo tempo sem receber carinho, o cão se derreteu nas carícias acolhedoras de Maria e não queria mais sair.

O vídeo que registra a cena foi compartilhado nas redes sociais e gerou imensa repercussão, mostrando que tudo que um animal precisa é de amor e aceitação. Além disso, agora Cruz está recebendo todo o carinho do mundo no seu novo lar com sua nova família. Isso mesmo, ele foi adotado!

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.