Pequena guerreira: Com traje de Star Wars, garotinha comemora fim da luta contra o câncer

Vestindo um traje de Stormtrooper - personagem da saga Star Wars - e acenando um sabre de luz , Audrey honrou seu espírito guerreiro e orgulhosamente tocou o sino do Nottingham Radiotherapy Center, anunciando que tinha vencido a batalha que se prolongou por oito meses.

REDAÇÃO CONTI outra

A menina Audrina Hatton-Wright tem apenas quatro anos, mas já enfrentou um desafio daqueles! Ela passou por 14 rodadas de radioterapia por conta de um câncer raro e agressivo. Mas se engana quem imagina que ela se deixou abater. Vestindo um traje de Stormtrooper – personagem da saga Star Wars – e acenando um sabre de luz , Audrey honrou seu espírito guerreiro e orgulhosamente tocou o sino do Nottingham Radiotherapy Center, anunciando que tinha vencido a batalha que se prolongou por oito meses.

Em julho de 2018, Audrina foi diagnosticada com neuroblastoma de alto risco – um câncer infantil raro, com uma das menores taxas de sobrevivência. Desde então, a pequena passou seu aniversário no hospital, sofreu quatro operações, cinco rodadas de quimioterapia e 14 rodadas de radioterapia.


A mãe da menina, Gemma Gould, de 28 anos, disse que Audrina queria marcar o fim de sua radioterapia de maneira especial. “Foi tudo ideia dela”, explicou Gemma. ‘Ela viu todos os filmes e tem todos os Star Wars Build-A-Bears. Eu estou incrivelmente orgulhosa.”

Mais uma luta

Mesmo depois de meses de tratamento, Audrina ainda precisa de mais ajuda. Sua família diz que o risco de recaída com neuroblastoma é de mais de 50% e, quando ocorre uma recaída, há apenas uma chance em 10 de sobrevivência.

Eles agora lutam para levantar £ 200.000 – algo em torno de 1 milhão de reais – para um tratamento especializado nos EUA para ajudar a prevenir uma recaída.

“Queremos levá-la para Nova York e obter a vacina, ela dará a ela uma chance muito maior de ficar curada da doença”, disse Gemma.

Que a força esteja com você, Audrina!

***

Para colaborar com o tratamento de Audrina, acesse: https://www.gofundme.com/danceforaudrina

***

Redação CONTI outra. Com informações de Daily Mail

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




REDAÇÃO CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.