Edson Arantes do nascimento, o nosso Pelé, se não foi o jogador mais famoso da história do futebol, certamente foi um deles.

De acordo com a Folha Pelé, que faleceu na quinta-feira, 29 de dezembro de 2022, nas últimas semanas de sua vida, foi tratado apenas com medicamentos para aliviar sintomas como dor e falta de ar.

Mas o que significa exatamente o termo cuidados paliativos?

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), em conceito definido em 1990 e atualizado em 2002, “Cuidados Paliativos consistem na assistência promovida por uma equipe multidisciplinar, que objetiva a melhoria da qualidade de vida do paciente e seus familiares, diante de uma doença que ameace a vida, por meio da prevenção e alívio do sofrimento, por meio de identificação precoce, avaliação impecável e tratamento de dor e demais sintomas físicos, sociais, psicológicos e espirituais” (WHO, 2002).

Levando-se em consideração a quantidade massiva de sintomas físicos, emocionais e psicológicos que acomentem uma doença terminal, como é o caso do craque Pelé que deixou de responder à quimioterapia, é necessário encontrar as melhores formas possíveis de aliviar os sintomas que aparecem em doenças incuráveis para que a pessoa sinta o mínimo de desconforto possível.

Os cuidados paliativos são uma atitude humanitária e objetivam fornecer o alívio para dor e outros sintomas estressantes como astenia, anorexia, dispnéia e outras emergências oncológicas.

Os cuidados paliativos também abrangem o entendimento de que a morte faz parte do processo da vida e buscam trazem alento não só ao paciente, como a toda família. Quando possível, esses cuidados acontecem na própria casa do paciente

No Brasil, a médica Ana Claudia Quintana Arantes é o maior nome na divulgação desse momento de partida, mas também de aceitação. Seu livro mais famoso é intitulado: “A morte é um dia que vale a pena viver” e tem trazido muitos benefícios a nossa cultura que, muitas vezes, ainda não lida muito bem, com os momentos de despedida.

Abaixo, sua mensagem sobre o caso do Pelé, publicada enqaunto o ex jogador ainda estava vivo.

Leia também: Conheça a história de Sandra Regina, a filha que Pelé rejeitou e que faleceu chamando pelo pai

***

DICA!

Subscreva também o nosso canal no Youtube e tenha acesso à live diária do CONTI comigo, um projeto gratuíto realizado pela psicóloga Josie Conti e que visa trazer dicas e suporte para que você possa mudar de vida em 2023.

Os vídeos também estão disponíveis na CONTI outra do Facebook e Instagram (@contioutra) e em plataformas de Podcast com o nome do programa CONTI comigo.







LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES



As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.