O Japão doa 8 milhões de lares desocupados. Você só precisa comprar um ingresso e dizer “eu quero”

Quando em muitos países um grande problema é que há pessoas sem-teto que ficam na rua, no Japão o problema é diferente: muitos lares são desabitados e eles procuram quem quer ocupá-los.

CONTI outra

Uma antiga superstição faz com que as pessoas deixem suas casas. Mas nada que um ocidental não possa suportar (e mais com a quantidade de casas que se doam nesses lados …).

Quando em muitos países um grande problema é que há pessoas sem-teto que ficam na rua, no Japão o problema é diferente: muitos lares são desabitados e eles procuram quem quer ocupá-los.

Sim, assim como parece. Você está procurando por uma casa? No Japão eles dão para você.

8 milhões de lares. Esse é o número aproximado de famílias que procuram hóspedes. Alguns por uma pequena taxa, e outros simplesmente por nada.
A iniciativa faz parte de um plano do governo para enfrentar a crise vivida por alguns setores do país. Em 2013, segundo o The Japan Times , havia mais de 8 milhões de casas abandonadas no Japão, a maioria delas concentradas em áreas rurais ou longe da cidade.

O texto acima levou à publicação de uma lista de casas em “transferência gratuita” no site Inaka No Seikatsu , onde você pode pesquisar se há uma que você goste. Só lhe custaria pagar alguns impostos e comissões. Nada mais: você pode alugar uma casa por ¥ 0 ienes, ou $ 0 dólares, ou $ 0 pesos.

Bem, se você finalmente decidir adquirir uma dessas propriedades, você deve agradecer dois fatores principais: o envelhecimento da população e as superstições do país oriental.

Para muitos, o crescente número de adultos mais velhos requer a aposentadoria em lares adotivos e o abandono de suas residências. Para isso, eles também acrescentam que as próprias crenças do país indicam que é azar de habitar um lugar onde alguém morreu ou teve uma morte solitária. Por isso, as casas abandonadas e também as casas que ninguém quer ocupar novamente aumentam.

No entanto, apesar desta iniciativa, os especialistas dizem que a situação vai piorar. O Instituto de Pesquisas da Fujitsu acredita que o número de casas desocupadas aumentará de 8 para 20 milhões até 2030, atingindo um terço das famílias do país.

Quer dizer, se você não decidir agora ir morar lá, provavelmente não é a última chance que você tem.

Tradução feita pela CONTI outra, do original de UPSOCL

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.