Nova York aprovou lei que permite que animais de estimação sejam enterrados ao lado de seus donos no cemitério

Não deveria ser surpreendente que mais e mais pessoas estejam procurando ser enterradas ao lado de seus animais de estimação, uma vez que sua vida neste mundo termine.

Anos atrás os animais eram considerados apenas como elementos de trabalho, proteção e talvez um meio para fazer você se divertir, mas não era tão amplo a noção de que eles são parte de sua família e que eles têm um papel muito mais importante do que simplesmente cuidar da casa.

E por essa razão, não deveria ser surpreendente que mais e mais pessoas estejam procurando ser enterradas ao lado de seus animais de estimação, uma vez que sua vida neste mundo termine.

Infelizmente, em muitos países, é ilegal enterrar animais em cemitérios humanos…
Na verdade, a única maneira de enterrá-los era em cemitérios de animais. Por exemplo, um cemitério de animais em Westchester indica que pelo menos cinco humanos a cada ano pedem para ser enterrados lá, para descansar com seus melhores amigos.

No entanto, isso não terá de ser necessário a partir de agora, pelo menos em Nova York. Porque o estado acaba de promulgar uma lei que permite que os animais sejam enterrados em cemitérios humanos.

Embora, claro, nada seja tão perfeito quanto parece inicialmente. Porque, embora agora os animais possam ser enterrados em cemitérios humanos, eles ainda têm a possibilidade de rejeitar o pedido do povo se assim o desejarem.

O bom é que, pelo menos, se o cemitério não representar nenhum problema , aqueles que querem que seu melhor amigo descanse com eles e sua família pelo resto da eternidade, podem fazê-lo.

Você acha um avanço da sociedade ou melhor, uma grande loucura?

Tradução feita pela CONTI outra, do original de UPSOCL

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.