Nadadores ficam à deriva no oceano, rezam por ajuda e são resgatados por barco chamado “Amém”

Você já esteve em uma situação limite, em que tudo o que você podia fazer era clamar por intervenção divina? Pois este foi o caso de dois adolescentes que se perderam no mar e, no desespero, fizeram uma oração juntos. E eis que, quando tudo parecia perdido, um barco surgiu para resgatá-los. O nome do barco? “Amém”.

REDAÇÃO CONTI outra

Uma dupla de jovens nadadores entraram em desespero ao se virem à deriva no oceano, mas, por sorte, ou intervenção divina, foram resgatados do mar graças a um barco apropriadamente batizado de Amen (em português Amém).

Os adolescentes Tyler Smith e Heather Brown estavam na praia de Vilano, na Flórida, quando decidiram dar um mergulho no oceano.

Os adolescentes do ensino médio da Academia da Igreja de Cristo estavam tentando nadar em direção a uma ilha distante, quando a corrente do oceano os atraiu para um lugar complicado. Os jovens tentaram mudar de rumo e nadar em direção a um farol próximo – mas logo perceberam que estavam se afastando da terra e começaram a entrar em pânico.

Os amigos agitavam os braços e flutuavam para não gastar mais energia na natação. Exaustos e ansiosos, os adolescentes rezaram por resgate.

30 minutos depois que eles clamaram por intervenção divina, ficaram aturdidos ao verem um barco navegando em direção a eles.

“Veio do nada”, disse Brown à CBS News. “Quando eu vi, eu sabia que estávamos saindo daqui.”

O barco estava a caminho do sul da Flórida para Nova Jersey quando avistou os adolescentes na água. Se isso não foi surpreendente o suficiente, os adolescentes ficaram chocados ao ver que o nome do barco era “Amém”.

Redação CONTI outra. Com informações de Goodnewsnetwork

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




REDAÇÃO CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.