Em julho do ano passado, uma passageira precisou ser presa com fita adesiva ao assento do avião após atacar a tripulação e tentar abrir a porta de uma aeronave em pleno voo. Como consequência, ela agora terá que pagar a multa de US$ 81.850, aproximadamente R$ 386 mil reais na cotação atual. É a maior multa da história da FAA (Administração da Aviação Federal dos Estados Unidos).

O trajeto do voo da American Airlines, que saiu de Dallas, no Texas, e foi até Charlotte, na Carolina do Norte, demora cerca de 2h para ser realizado de avião.

Durante o voo, a passageira caiu no corredor da aeronave e em seguida ameaçou um membro da tripulação que lhe ofereceu ajuda. Depois disso, ela ainda tentou abrir a porta da cabine e foi impedida.

@saltynutz333

#American Airlines #lady taped to seat #mental health scare #plane landed safely

♬ original sound – Pit*Stop

A quantia a ser paga pela passageira superou a multa de US$ 77.272, aproximadamente R$ 365 mil reais, aplicada a um homem que tentou abrir a porta do avião diversas vezes e mordeu outro passageiro. O caso também ocorreu em julho do ano passado.

Pete Buttigieg, que é secretário de Transportes dos Estados Unidos, pediu para que, “se você estiver em um avião, não seja um idiota e não coloque em risco a tripulação e outros passageiros”.

***
Redação Conti Outra, com informações de UOL.
Fotos: Reprodução.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.