Mau humor pode ser o culpado para as pessoas que não conseguem perder peso

Nutricionista mexicana diz que há um fator que ninguém considera nessa equação de ganhar peso: o mau humor.

Não importa quantas dietas você faça, se você mantiver esse mau humor, a balança continuará subindo.

Não precisa ser gênio da ciência para saber por que as pessoas ganham peso (e especialmente não conseguem gerenciar a sua dieta). Nós somos sedentários, não fazemos nenhum exercício e comemos todas as coisas que não devemos comer – e não um uma vez por semana, mas todos os dias. A maioria das pessoas leva um estilo de vida que não é compatível com a magreza.

Claro, há também aqueles que têm problemas de saúde – como hormonal ou tireóide – que os fazem ganhar peso, não importa o estilo de vida que levam.

Uma nutricionista mexicana que diz que há um fator que ninguém considera nessa equação de ganhar peso: o mau humor.

De acordo com Juan Manuel Romero Villa, em seu livro quando as pessoas ficam irritadas secretam adrenalina e cortisol, que provocam inflamação e um processo nas células que os impede de liberar energia.

E essa energia retida é transformada em extra quilos no corpo, quilos que você não pode baixar porque no dia seguinte você tem um mau humor e continua assim, num círculo vicioso.

“É um livro que é feito com a intenção de ajudar as pessoas a parar de viver com raiva. Eu considero que a raiva é uma causa exógena de sobrepeso e obesidade, e eu escrevo um livro que visa atingir as pessoas emocionalmente “. – Juan Manuel Romero Villa para CAILEGDL.

Segundo a nutricionista, essa causa emocional afeta tanto o peso quanto o restante do nosso estilo de vida.

“Para tomar a decisão se quer para perder peso, não só pelo lado metabólico, mas no lado emocional, ou seja, sacudi todas as emoções negativas que você não precisa e você vem de carga, e são representados no peso corporal . O livro inteiro é uma proposta de como parar de viver com raiva e como jogar fora tudo o que você não precisa.” – Juan Manuel Romero Villa para CAILEGDL.

Tradução feita pela CONTI outra, do original de UPSOCL

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.