Mãe promove ‘Chá DNA’ para comprovar paternidade da filha após desconfiança do ex

Motivada pelas desconfianças do ex-namorado, Rafaela Lima decidiu promover um “Chá do DNA”, inspirado no já conhecido Chá Revelação, para comprovar a paternidade da filha. “Já tinha certeza que ele era o pai, mas ele ficava implicando.”

REDAÇÃO CONTI outra

Em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, Rafaela Lima, de 24 anos, promoveu na última terça-feira (23), uma curiosa celebração. Inspirada na ideia do já conhecido “Chá Revelação”, ela juntou as amigas promoveu um “Chá do DNA”, uma festa que tinha o propósito de pôr fim às desconfianças do ex-namorado em relação à paternidade da sua filha, Helena, de 1 ano e 7 meses.

A ideia, como contou Rafaela ao G1, surgiu de uma amiga dela que acompanhou a gravidez. O resultado do exame saiu no dia 18 deste mês.

“Já tinha certeza que ele era o pai, mas ele ficava implicando. Queria fazer um churrasco para comemorar com minhas amigas, foi então que uma delas deu a ideia do chá e eu topei”, disse.

Quem idealizou o evento foi a amiga Jhenifer Lisboa, que era a única que tinha visto o resultado antes da revelação. “Todos já defendiam a paternidade, mas resolvemos fazer uma comemoração”, ressaltou.

A festa contou com uma mesa decorada com doces, fotos e balões. E, no momento em que a paternidade foi revelada durante o Chá DNA, uma live foi realizada nas redes sociais, mostrando um bastão de fumaça sendo aceso e indicando uma cor verde, confirmando o resultado da paternidade. O vídeo teve mais de 30 mil compartilhamentos.

“Não tinha intenção de repercutir. Quase não publico nada, mas resolvi fazer essa brincadeira para chegar até ele”, explicou.

O pai da menina, que é estudante de engenharia agrícola, não estava presente no chá e, segundo Rafaela, ele ficou sabendo após o irmão dele o marcar na publicação.


“Ele não se manifestou. Achei que ele pediria desculpas pelas vezes que desconfiou de mim, mas isso não aconteceu”, disse.

Em nota enviada ao G1, o pai da criança informou, por meio da advogada, que não autorizou e nem tinha conhecimento da realização do chá de revelação do exame de DNA.

Além disso, ele afirmou que está triste com a atitude da ex, por expor a vida da filha.

“Sempre foi um bom pai e sempre honrou com o seu compromisso afetivo e alimentício da criança, inclusive desde a gestação da mãe”, diz em trecho da nota.

Resultado do DNA — Foto: Arquivo pessoal

***

Redação CONTI outra. Com informações de G1

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




REDAÇÃO CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.