Garota canta pela última vez a seu gatinho de 14 anos. Em seus braços, ela garante que ele morra em paz

Assim que Bailey começou a agonizar com a velhice, Abby, suas irmãs e seu dono ficaram perto dele, conversando e acariciando-o para que ele soubesse que ainda estava acompanhado até o último suspiro.

CONTI outra

A pequena Abby não deixou de ser sua melhor amiga, e depois de 3 horas de intenso amor, o felino morreu.

Todos sabem como é triste ver partir um animal de estimação, afinal para muitos de nós eles se tornam um membro da família… e sua ausência definitivamente será notado a partir do primeiro dia em que não estão mais conosco.

São eles que fazem festa quando chegamos do trabalho, que interrompem o nosso sono quando estamos dormindo, que dão a vida para ganhar uma parte de nossa comida… e tantas outras situações que estamos acostumados a viver, e que embora às vezes nós não gostemos de algumas, nós os perdoamos porque eles são realmente adoráveis.

Bem conhece a situação esta menininha chamada Abby, que desde que nasceu viveu acompanhada de um lindo gato que sua mãe havia adotado 7 anos antes.

Tudo começou quando o primeiro dono o encontrou e o colocou em seu dormitório na universidade. Ele pensou que poderia cuidar do gatinho, mas a escola deu-lhe 48 horas para encontrar outra casa para tal.

Felizmente ele encontrou um novo dono, mas o gato não se acostumou e eles tiveram que devolvê-lo. Então, como ele não tinha outra escolha, seus pais cuidaram dele enquanto estudava.

Bailey, como chamava o gatinho, tinha uma personalidade única e tornou-se parte da família rapidamente.

“Eu nunca imaginei que um dia ele estaria brincando com meus filhos”, disse sua dona ao The Dodo, mas quando sua primeira filha, a pequena Abby, chegou em casa, ela sabia que eles também seriam grandes amigos.

Bailey não tirou os olhos dela e queria estar ao seu lado o tempo todo.
O mesmo aconteceu com suas outras duas filhas.

O tempo passou e depois de 14 anos de aventuras, jogos e, acima de tudo, muito amor, Bailey estava pronto para descansar em paz.

Assim que Bailey começou a agonizar com a velhice, Abby, suas irmãs e seu dono ficaram perto dele, conversando e acariciando-o para que ele soubesse que ainda estava acompanhado até o último suspiro.

Foi assim que sua amiguinha cantou para o gatinho 3 horas antes dele falecer:


Tradução feita pela CONTI outra, do original de UPSOCL

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.