Ele não suportou ver o rio cheio de lixo e limpou-o com as próprias mãos

A maior motivação de Tommy para ter coragem de agir sobre a situação dos lagos era o filho de três anos de idade.

CONTI outra

Tommy Kleyn inspirou centenas de pessoas a se levantarem e recolherem lixo de suas cidades. Todos eles ajudam o planeta!

Ele estava cansado de ver lixo ao longo da bonita margem do rio que via todas as manhãs a caminho do trabalho, por isso achou que esta situação não poderia continuar assim e decidiu resolver as coisas literalmente com as próprias mãos.

O artista criado na Holanda decidiu trazer um saco de lixo para o rio Schie para coletar o lixo de sua margem.

 

“Levei cerca de 30 minutos para encher um saco de lixo com lixo, mas um saco não faz muita diferença em um lugar tão poluído como este”, disse ele em Imgur, onde publicou sua história.

Então ele sabia que deveria se esforçar mais: “Eu me comprometi a encher um saco de lixo todos os dias quando passava por este lugar”, disse ele.


Então Tommy começou a levantar cedo para ir trabalhar todos os dias para pegar lixo, e ele foi capaz de limpar um pequeno trecho em apenas seis dias. Ele registrou seu progresso em uma página no Facebook chamada Project Schone Schie (“schone” significa limpo em holandês), inspirando amigos e transeuntes a participar. Eles ajudaram a coletar lixo suficiente para encher um total de 22 sacos de lixo na margem do rio , de acordo com a Good News Network.

A maior motivação de Tommy para ter coragem de agir sobre a situação dos lagos era o filho de três anos de idade. “O que eu digo quando meu filho pergunta por que isso é um desastre?”, ele se perguntou.


Agora, ele está usando sua experiência com esse rio para desafiar outros ao redor do mundo a fazer o mesmo. “Leve 30 minutos do seu ano para encher um saco de lixo com lixo”, ele escreveu em sua página no Facebook, pedindo aos seguidores que colecionem pelo menos um saco de lixo a cada ano.

O projeto já recebeu uma ótima resposta. Inspirados por Kleyn, alguns moradores de Skagen, na Dinamarca, reuniram-se para recolher impressionantes 950 quilos de lixo de sua praia local.

Possivelmente, a parte mais recompensadora da limpeza é que vários pássaros agora têm uma casa, graças a Tommy.

Tradução feita pela CONTI outra, do original de UPSOCL

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.