E se tiver que começar do zero, comece!

Nós não lamentamos o tempo ou os recursos investidos, tudo é ganho quando damos-lhe significado. Então vamos colocar na nossa bagagem o que nos faz crescer, que nos guiará e nos ajudará e deixará tudo o que representa um fardo para o nosso novo empreendimento.

Começar de novo, pode ser uma das coisas que mais nos assustam. Começar do zero implica deixar para trás um monte de experiências, tempo investido, lugares familiares, esperanças e sonhos que não produziram os resultados esperados. Implica reconhecer que não podemos continuar no mesmo caminho, que o que depositamos em uma parte de nós deve ser abandonado.

Mas se deixarmos o drama que geralmente invade nossa mente e começarmos a ver o lado positivo das coisas, podemos entender que uma das maiores oportunidades que podem ocorrer na vida é aquela que nos permite nos reinventar, o que convida-nos a renovar as nossas energias, o que nos coloca ao leme do nosso navio com um novo mapa, que pode não nos levar a um local diferente, mas que conterá outra rota de navegação.

Teremos muitas oportunidades para recomeçar em nossas vidas, tudo o que merece nossa revisão e demanda nossa atenção, é um ponto a partir do qual podemos começar a fazer as coisas de maneira diferente.

Independentemente do fato de ir atrás do mesmo objetivo ou simplesmente decidir sobre outras opções, devemos sempre levar conosco a experiência do passado, não como uma sentença, nem como algo que nos define, mas como o que nos fez crescer, que nos deu novas ferramentas e que de uma forma ou de outra nos incitaram a dar um “restart” à nossa vida.

Nós não lamentamos o tempo ou os recursos investidos, tudo é ganho quando damos-lhe significado. Então vamos colocar na nossa bagagem o que nos faz crescer, que nos guiará e nos ajudará e deixará tudo o que representa um fardo para o nosso novo empreendimento.

Vamos fluir com a vida, aceitando que muitas vezes seremos forçados a fechar ciclos, para colocar pontos finais, entender que cada um desses fechamentos representa a oportunidade de começar de novo, que podemos fazer as coisas de maneira diferente. Somos uma árvore e, se algo nos perturba, temos a capacidade de nos mover. Sem medo, mas com plena confiança no processo da vida, digamos os tempos que são necessários: se você tem que começar de novo, então você começa!

Por: Sara Espejo – Mujer.Guru

Traduzido pela CONTI outra, do original de Mujer.Guru

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.