Os amores de suas vidas já não estão mais presentes, mas eles têm a si próprios, por isso tomaram a iniciativa de levantar o ânimo e arriscar uma última aventura. Essa comovente história foi contada pela consultora de viagens Julie Pflaumer, a quem Jack, um desses avós, chamou para planejar sua viagem.

“Eu ouvi uma voz desconhecida dizendo ‘Julie, Julie, Julie’. Havia apenas uma aura de amizade na primeira frase. O senhor explicou que era um piloto veterano de 90 anos que vivia em uma instalação de vida assistida em Florence, Oregon. Estou no nordeste do Wyoming (a 1.390 quilômetros de distância), então me perguntei como ele me descobriu”, começou a contar Julie.

“Ele passou a explicar que queria ir para Reno Air Races (em Nevada) neste outono e contou que uma senhora que trabalha em suas instalações disse a ele que precisava entrar em contato comigo para seus planos de viagem. Ele queria levar seus amigos (94 anos e 96 anos) com ele”, continuou.

Julie Pflaumer

Julie continuou contando detalhes de sua conversa com Jack, o senhor explicou a ela que ele e seus dois amigos haviam perdido as esposas e que a viagem que eles queriam planejar seria seu “último hurra hurra”.

Jack explicou que, após a morte de sua esposa, ele foi dominado pela tristeza , até que um dia decidiu que era hora de fazer sua mala e sua fronha favorita para se mudar para um asilo. Ele queria passar seus últimos dias com outras pessoas. E isso tocou o coração de Julie.

Julie Pflaumer

Depois desse longo papo, a consultora começou a planejar a viagem de Jack e seus amigos, mas não seria fácil devido às restrições da pandemia.

“Segunda-feira chegou e eu estava animada para ligar para ele e informá-lo de que os ingressos estariam disponíveis para compra no final da primavera. Mas seu tom entristeceu. Um de seus amigos adoeceu e foi levado ao hospital. Jack não sabia se veria seu amigo novamente e sua resposta ao meu dizer quando os ingressos estariam disponíveis foi: ‘Talvez eu não esteja aqui até lá’”, conta Julie.

Mas foi através de um grupo no Facebook de agentes de viagens que eles encontraram uma opção para os vovôs, embora fosse um pouco arriscado. Julie entrou em contato com biplanos de aeronaves de serviço, aquelas aeronaves que comportam poucas pessoas, são menores e pouco utilizadas para o transporte de pessoas. Mas os vovôs foram exceção. Os agentes do grupo ficaram sabendo da história e resolveram ajudar Julie e arrecadar dinheiro para as passagens.

Até que chegou o grande dia da aventura. Julie conta: “Chegou o grande dia e recebi essas fotos no local. Grandes sorrisos e o que parecia enxugar as lágrimas. Isso deixou meu coração feliz. Jack disse que eles estavam todos juntos e ele não tinha certeza do que estava acontecendo (…). Eles simplesmente não podiam acreditar. Eles estavam muito animados”.

Julie Pflaumer

“Jack me disse que há apenas cerca de 10% das pessoas neste mundo que fariam coisas especiais como esta para os outros. Ele disse que não poderíamos ter escolhido melhor surpresa”, concluiu.

Julie Pflaumer

Com informações de UPSOCL

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







Ana, 20 anos, estudante de Artes Visuais na UNESP de Bauru. Trago aqui matérias que são boas de se ler.