Jennifer Santos, de 19 anos, e seu namorado Tiago Scarcell Bohrer, de 31, comoveram o Brasil quando sofreram um grave acidente de moto no início de novembro. Eles faziam um mochilão por mais de oito meses e estavam na última parada da viagem. Tiago não resistiu às complicações do acidente, depois de ficar três dias internado.

Hoje, mesmo com muitas dores e emocionada, a jovem contou ao g1 que pretende realizar os sonhos que tinha com Tiago. “Vou continuar a página e seguir nosso sonho”, disse ela depois de receber alta do hospital na quarta-feira (8).

“Vou continuar a página e seguir com o nosso sonho. Eu sempre quis viajar, mas não tinha coragem, o que me deu essa vontade foi o incentivo do Tiago. Passamos oito meses viajando, não tinha luxo, a gente vivia com pouco e era tudo ótimo”, lembrou.

Foto: Rafaela Moreira/g1 MS

Jennifer passou 26 dias internada na Santa Casa de Campo Grande, e agora, depois de receber alta, poderá retornar para sua cidade natal, Pelotas (RS). Ela teve que passar por diversas cirurgias e recebeu doações de sangue, por conta de uma anemia forte.

Além disso, a jovem precisou amputar uma parte do pé, além de colocar pinos na perna e na bacia, o que segundo a mãe, a impedirá de caminhar ou correr. A mochileira ainda deverá passar por novos procedimentos cirúrgicos.

Angélica Santos Pereira (49), a mãe da jovem, revela que a recuperação total ainda vai levar um tempo. “Essa foi uma das coisas que deixou ela mais abalada, infelizmente ela não poderá mais caminhar, teremos um caminho longo de fisioterapia e mais cirurgias. Minha filha perdeu toda a musculatura do pé, o que impede a sustentação. Os médicos dizerem que fizeram o possível para não precisar amputar o pezinho dela”, relatou.

A história do casal é muito bonita. Antes de conhecer Tiago, Jennifer nunca havia saído do Rio Grande do Sul, mas juntos eles percorreram mais de 36 mil quilômetros de motocicleta, passando por todos os estados brasileiros.

Ainda em entrevista ao G1, Jennifer foi questionada sobre seu estado preferido e destacou que foram bem acolhidos em todo país.

“O carinho das pessoas era incrível, sempre encontramos pessoas maravilhosas pelo caminho, que nos ajudou muito. Eu adorei conhecer Sergipe e o Acre, passamos por várias praias. Foi uma experiência maravilhosa!”, disse.

Foto: Redes sociais/Reprodução

Angélica deu detalhes sobre quando Jennifer conheceu o aventureiro Tiago, na cidade de Pelotas. Tiago trabalhava como motorista de aplicativo, quando Jennifer solicitou uma viagem voltando do trabalho e o encontrou.

“Ela chamou um motorista para voltar para casa e as afinidades batem desde o início, viraram amigos e depois de um tempo começaram a namorar. O Tiago foi um anjo, ele salvou a vida da minha filha”, disse.

Jennifer revelou seus planos para o ano de 2022 e pretende focar em sua recuperação e em dar continuidade ao sonho do casal: mostrar que é possível ser feliz com pouco.

A dupla tinha um canal no Youtube, onde possuíam mais de 50 vídeos e milhares de visualizações. Lá, eles compartilhavam dicas de viagens, momentos de aventura e alegrias.

“Vou criar o canal da mochileira parte dois e continuar o nosso sonho, mostrando a minha superação. Quero mostrar que podemos ser felizes com o pouco. Vou gravar viagens, mostrar um pouco dos lugares para as pessoas, incentivá-las a realizar o próprio sonho, como o Tiago fazia comigo”, relatou a jovem.

A mãe da mochileira destacou o carinho que recebeu após o acidente da filha, sendo essencial para se manter forte no momento tão delicado. Angélica está na Capital com o irmão de Jennifer, a família contou com doações e assistência para hospedagem, alimentação e medicações.

Quem puder ajudar a família, que deve retornar a Pelotas (RS) após o dia 20, pode entrar em contato através do número (53) 99902-8366.

 

Com informações de G1

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.