Você não precisa ser como os outros. Você pode ser como você e acredite: Isso é extraordinário.

Você é muito incrível para viver o que os outros esperam de você.

Thamilly Rozendo

Você é muito incrível para viver o que os outros esperam de você.

Talvez você não saiba ou, devido a tantas decepções e histórias bagunçadas você acredite ser hoje uma versão de si mesma que não é aquilo que você pode ser. ​

Você pode ser mais. Não importa qual seja o padrão. Não interessa aqui o que esperam de você. A vida é curta demais pra isso e infelizmente, ela não nos permite pausas. Não dá pra sair perdendo quando o quesito é amor próprio. ​

Tá na hora de você se amar. E isso não é autoajuda. É autocuidado. É uma necessidade urgente que você precisa atender.


Tá hora de dizer não quando não se quer ir a um lugar. De se afastar de quem não te faz bem sem se culpar. Tá na hora de olhar para si mesmo e não para os outros. Então não importa se fulano já tem a vida feita aos 20 anos ou se sei lá quem tem o corpo dito “perfeito”. Vamos lá. O que é ter a vida feita? O que é um corpo perfeito? Ora, nada mais é do que conceitos construídos socialmente e que a gente, vai reproduzindo assim, sem questionar. Vai aceitando. Encaixando na nossa vida e fazendo disso um jargão da falsa felicidade. Você é linda do seu jeito. Tudo bem se as vezes você não achar isso, mas faça um esforço de se ver assim.

Admire a beleza do outro, mas por favor, não duvide da sua. Fique feliz com as conquistas alheias, mas sério, não se ache um fracasso por não estar no mesmo lugar. Cada um a seu tempo, no seu ritmo e ESTÁ TUDO BEM. ​

Tá na hora de você olhar para o que sente. O que te trava. O que te impede de ser mais de você, pra você mesma. Tá na hora de você se amar. Só assim seremos capazes de oferecer amor a alguém. Tá na hora de você olhar pra você e entender que a sua beleza é extraordinária, porque você é única (o).

***
Imagem de capa meramente ilustrativa- cena do filme “Comer, rezar e amar”

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Thamilly Rozendo
Estudante de psicologia, apaixonada por artes, música e poesia. Não dispensa um sorvete e adora um pastel de feira com muito requeijão, mesmo sendo intolerante a lactose. Tem pavor de borboletas, principalmente as no estômago.