Nesta quinta-feira (3), o Serviço de Segurança da Ucrânia divulgou em sua página no Facebook imagens que mostram soldados russos rendidos conversando com familiares, por telefone, e bastante emocionados.

Os soldados afirmam no video que estão sendo “bem tratados, alimentados e vestidos”. Em outro trecho do vídeo há o relato de que escolas e hospitais ucranianos foram bombardeados.

Os soldados também teriam dito que: “O comando russo não tem tática, nós apenas sobrevivemos aqui… Caros russos, não venham aqui, é melhor ficar com suas famílias. Aqui todos vocês mentem. Outro russo percebeu que a maioria dos invasores pagariam com a vida por invadir a Ucrânia. Ele foi feito prisioneiro perto de Zhytomyr. E o esclarecimento veio somente depois que seus ‘colegas de armas’ foram destruídos pelas Forças Armadas Ucranianas”.

O governo ucraniano alega, desde o início dos ataques, que as tropas russas teriam sido desinformadas por Moscou. Não é possível afirmar se os soldados russos foram coagidos durante as gravações.

Veja o vídeo:

***
Redação Conti Outra, com informações de Terra.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.