Veterano da Guerra da Coréia se formou no ensino médio aos 87 anos.

Existem aqueles que negligenciam processos importantes da vida, seja por serem forçados ou por escolherem outros caminhos, mas terminar o que ficou inacabado é sempre digno de admiração. A história de Edward Sanders nos diz um pouco sobre isso.

CONTI outra

Edward Sanders abandonou a escola aos 18 anos para se tornar piloto de bombardeiro na Guerra da Coréia. Após retornar como veterano quase 10 anos depois, ele se dedicou a constituir família e a trabalhar, deixando de lado o sonho de se formar. Mas, nunca é tarde para atingir um objetivo.

Existem aqueles que negligenciam processos importantes da vida, seja por serem forçados ou por escolherem outros caminhos, mas terminar o que ficou inacabado é sempre digno de admiração. A história de Edward Sanders nos diz um pouco sobre isso.

Sanders mora em Michigan, nos EUA, e agora com 87 anos ele orgulhosamente se formou no ensino médio após uma vida inteira servindo ao seu país. Quando jovem, foi forçado a abandonar os estudos devido à guerra e, ao voltar para casa, dedicou-se diretamente ao trabalho e à criação de uma família.

Sanders tinha 18 anos quando deixou a escola para servir como piloto de bombardeiro na Guerra da Coréia, era 1952 e as prioridades do mundo estavam voltadas para a Guerra Fria.

O soldado começou a treinar com apenas 15 anos de idade, pilotando diferentes aeronaves, fazendo com que se sentisse, segundo ele, o “o rei do mundo”, criando uma paixão que não conseguia tirar da cabeça. Seu futuro de sonho era pertencer à Força Aérea.

Edward Sanders // Michigan Live.

O próximo passo era ir direto para a guerra, quer ele tivesse experiência suficiente ou não. Sanders serviu 4 anos no exército e depois outros 4 na reserva antes de se aposentar.
Como um verdadeiro veterano de guerra, Sanders voltou para sua terra natal, onde conheceu sua atual esposa, Patricia. Eles tiveram três filhos juntos, cinco netos e quatro bisnetos.

A essa altura, ele já havia conseguido um emprego em uma fábrica e seu tempo de voar para o exército havia acabado. Com o tempo, a saudade de sua antiga “Jackson High School” voltou, mas somente em 2020 ele reuniu coragem para entrar em contato com a instituição e, assim, realizar seu sonho que havia passado por um longo hiato: a formatura.

Edward Sanders // Michigan Live.
Edward Sanders // Michigan Live.

Da escola eles estavam mais do que dispostos a fazer uma cerimônia, mas as medidas restritivas devido à pandemia impossibilitaram a aglomeração de tantas pessoas. Ainda assim, a comunidade e a família de Sanders uniram forças para tornar seu sonho realidade da forma mais segura possível.

Edward Sanders // Michigan Live.

Edward Sanders finalmente conseguiu se formar em 8 de agosto de 2020 junto com a geração daquele ano, sendo um exemplo para todos os alunos de que nunca é tarde para realizar um sonho. Tanto a família quanto a própria escola o homenagearam nas redes sociais, orgulhosos de um momento histórico para a comunidade.

Edward Sanders // Michigan Live.

Com informações de UPSOCL

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES




COMENTÁRIOS




CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.