Vem, vida, me surpreenda

Sabe, estou tão cansada. Mas tão aliviada, ao mesmo tempo. Chegou, enfim, a hora da entrega verdadeira.

Susiane Canal

Passei tanto tempo tentando te controlar
Tentando controlar tudo
Sem me dar conta de que só gastava energia
Só me esgotava
Pois não controlamos nada
É tudo esforço em vão
É bloqueio, é conflito interno, é sofreguidão
Já não dava mais
Sabe, estou tão cansada
Mas tão aliviada, ao mesmo tempo
Chegou, enfim, a hora da entrega verdadeira
Nada mais da boca para fora
Agora, é de corpo e alma
Eis-me aqui, vida:
Diluída, fluída, livre
Pronta para o que vier
Pronta para o nada
E pronta para o tudo
Sou totalmente confiança
Sou totalmente luz
Sou totalmente amor
Sou muito mais do que imagina
E pronta para ser tudo o que vim ser

***

Imagem:  Daria Shevtsova from Pexels

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Susiane Canal
“Servidora Pública da área jurídica, porém estudante das questões da alma. Inquieta e sonhadora por natureza, acha a zona de conforto nada confortável. Ao perder-se nas palavras, busca encontrar um sentido para sua existência...”