Valesca comenta caso Miguel e conta que sua mãe já teve prato de comida negado por patroa

A cantora Valesca comentou o caso do menino Miguel, que faleceu enquanto estava sob cuidados da patroa da mãe e revelou caso vivido pela mãe, ex-empregada doméstica.

REDAÇÃO CONTI outra

A cantora carioca Valesca usou o Twitter hoje para comentar o caso do menino Miguel, que faleceu ao cair do 9º andar em Recife, enquanto estava sob os cuidados da patroa da mãe. Ela ainda contou aos seus seguidores que sua mãe já foi empregada doméstica e que também precisava acompanhá-la no trabalho quando criança.

“Quando eu vejo pessoas argumentando porque a mãe do Miguel levou ele, eu lembro da minha mãe que não tinha com quem me deixar, ela precisava me levar, e eu ajudava minha mãe com oito anos a fazer faxina para que ninguém reclamasse que eu estava lá”, escreveu a cantora.

Valesca também relembrou um episódio triste vivido pela mãe, quando teve um prato de comida negado pela patroa.

“Tem um trecho do meu livro que eu conto quando minha mãe era doméstica e precisava me levar com ela, era o único momento do dia que a gente tinha a refeição, e um dia uma ex-patroa dela reclamou que minha mãe iria fazer dois pratos, naquele dia minha mãe não almoçou, apenas eu almocei”.

Na mesma série de tuítes, Valesca revelou que, conforme foi progredindo em sua carreira na música, fez questão de mudar a condição de vida da mãe.

“Quando eu fiz sucesso, e pude tirar minha mãe da casa dos outros eu tirei, falei pra ela: a partir de hoje a senhora não trabalha mais pra ninguém, não precisa mais disso! Graças a Deus até hoje consigo manter ela em casa, agora ela está se curando de um câncer e eu cuido dela”, finalizou.

Abaixo, as postagens:

 

***
Redação CONTI outra. Com informações de Uol

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




REDAÇÃO CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.