Ursa polar órfã que adorava abraçar os trabalhadores do Ártico ganha vida nova

Quando os mineiros de ouro do Ártico descobriram um filhote de urso polar perdido e indefeso, não demorou muito para que o bebê derretesse seus corações.

CONTI outra

Quando os mineiros de ouro do Ártico descobriram uma filhote de urso polar perdida e indefeso, cuja mãe havia falecido, não demorou muito para que a bebe derretesse seus corações.

À medida que a filhote órfã passou a confiar nos homens, a hóspede peluda logo se sentiu uma amiga dos trabalhadores do remoto arquipélago de Severnaya Zemlya. Ela até passou a abraçá-los sempre que tinha oportunidade.

Mas com a tripulação programada para deixar a base quando seu contrato de trabalho chegasse ao fim, a vulnerável ursa polar seria deixada para se defender sozinha. Entre a ameaça de outros predadores e sua falta de habilidades de caça adequadas, ela não conseguiria sobreviver sem ajuda.

Temendo que eles apenas atrasassem o inevitável, os mineiros esperavam que o grande estoque de lixo que eles deixaram para trás fosse o suficiente para sustentar sua amada amiga até que eles pudessem organizar uma missão de resgate para ela.

Não tendo tido nenhum meio de contato externo enquanto estavam na base, os homens buscaram orientação no zoológico de Moscou na primeira oportunidade.

“Tudo o que sabíamos era que a mãe da filhote faleceu e que foi há meses quando ela descobriu a base, atraída pelo cheiro de comida”, disse Andrey Gorban, diretor do Zoológico Royev Ruchey em Krasnoyarsk, ao Siberian Times.

Seguindo o protocolo, Gorban contatou as autoridades russas de vida selvagem para determinar um curso de ação. Depois de decidir que a filhote era incapaz de viver sozinha, uma equipe de resgate foi enviada para trazê-lo ao zoológico.

“Por certo ou errado, eles alimentaram o animal em extinção e, por meio disso, o domesticaram”, explicou Gorban. “Os trabalhadores do turno salvaram sua vida, a filhote não tinha chance de sobreviver.”

Portanto, embora fosse tecnicamente contra a lei os mineiros cuidarem da ursa, considerando todas as coisas, pelo menos esta filhote, agora não tão pequena, está recebendo a ajuda de que precisa e sendo cuidada da maneira que lhe convém em suas circunstâncias.

***
Redação Conti Outra, com informações de Good News Network.
Fotos: Zoológico Andrey Gorban/Royev Ruchey.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES




COMENTÁRIOS




CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.