Já parou para pensar que você pode estar em um relacionamento cármico? Ter uma ligação muito forte com alguém, viver uma relação cheia de intensidade e até se sentir preso a essa pessoa, podem ser sinais de que você está vivendo um amor cármico.

O que é um relacionamento cármico?

Entender o que é um relacionamento cármico requer entender o que é um carma. Trata-se de uma consequência, que pode ser boa ou ruim, gerada a partir de ações que você teve nessa ou em outra vida.

O carma é uma consequência dos nossos atos e quando surge um relacionamento cármico, isso significa que existem coisas que precisamos aprender com esse relacionamento que estão relacionadas a atos cometidos em relações passadas ou até de vidas passadas.

Há alguns casos também no qual as pessoas ficam juntas por terem pendências de outras vidas. Mesmo que em outras vidas elas tenham tido vínculos diferentes, elas podem retornar nessa vida como um casal para aprender algo com o carma gerado.

Relacionamento kármico ou relacionamento cármico?

Uma dúvida que surge sobre esse tema é se é relacionamento kármico ou relacionamento cármico. Na verdade, não existe nem certo ou errado, pois as duas palavras são usadas para se referir a um carma ou karma.

Em todo caso, relacionamento kármico ou relacionamento cármico é uma relação amorosa onde essas duas pessoas precisam aprender e evoluir a partir de consequências que foram geradas por suas ações em outras vidas ou nessa vida mesmo.

Entenda como é uma relação cármica

Vamos entender um pouco mais sobre o que é uma relação cármica. Imagine que na vida passada você traiu o seu parceiro, causou grande infelicidade para essa pessoa e agora retornou em uma relação onde você também experimentou a dor da traição. Esse pode ser um exemplo de relação cármica, onde o seu espírito está aprendendo e evoluindo com essa nova experiência.

Mas isso vale também para experiências boas. Imagine que em outra vida ou nessa mesma você teve uma experiência muito ruim no seu relacionamento, experimentou uma relação abusiva e isso te marcou muito. Contudo, ao se relacionar com outra pessoa você descobriu o verdadeiro significado do amor e pôde curar as suas feridas. Esse é um exemplo de como você está evoluindo e aprendendo com essa relação cármica que coisas boas também acontecem.

Em se tratando de relação cármica, é importante lembrar que esse tipo de ligação pode acontecer com qualquer pessoa e em diferentes tipos de relações. Como pai e filhos, mãe e filhos, esposa e marido, entre outras.

O mais importante em uma relação cármica é que os dois possam aprender e evoluir com essa experiência. Na vida, sempre há um propósito para as coisas que acontecem e devemos caminhar na direção do aprendizado, da busca espiritual e da evolução para nos tornarmos seres cada vez melhores.

Quanto tempo dura um relacionamento cármico?

Quando as pessoas descobrem que estão vivendo um amor de outra vida, um karma de vida passada e até o encontro de alma gêmea, elas costumam querer saber quanto tempo pode durar um relacionamento cármico.

Seja essa uma experiência boa ou ruim, a relação cármica geralmente dura o tempo necessário para que os dois possam amadurecer, aprender e evoluir com essa experiência. Mas no caso de relacionamentos que dão certo e que possuem um grande potencial de se manter, o relacionamento tende a durar enquanto os dois estiverem dispostos a cuidar da relação.

É importante lembrar que no caso de almas gêmeas, o casal pode ainda se encontrar nas vidas futuras, dependendo do resultado obtido nessa vida e da forma como precisam ainda evoluir.

Sinais de relacionamento cármico

Para finalizar, se você suspeita que está em um relacionamento cármico, é importante avaliar os sinais de que essa relação pode ter ligação com carmas gerados. Confira a seguir alguns sinais de que você está vivendo um relacionamento cármico:

● Parece que vocês se conhecem há muito mais tempo do que de fato se conhecem;
● Há uma forte ligação entre vocês, sendo até difícil de entender ou explicar;
● Você sente que essa pessoa é sua alma gêmea e que vocês se encontraram nessa vida;
● A relação de vocês é muito intensa, vocês se amam muito ou brigam muito;
● Os dois não conseguem ficar longe um do outro.

Sendo uma relação cármica, é importante buscar entender essa nova experiência e evoluir com cada situação que surge em sua vida. Nesse aspecto, a espiritualidade pode te ajudar a ter maior entendimento da sua situação e dos motivos que levaram a esse amor cármico

***

Imagem de StockSnap por Pixabay







LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES



As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.