Último áudio enviado por vítima da Covid-19 é usada em campanha do Governo de Goiás

A conscientização se faz especialmente necessária neste momento, uma vez que a taxa de ocupação de leitos de UTI no estado está acima de 90%.

CONTI outra

Com o intuito de alertar a população sobre os riscos de promover em aglomerações em um período em que os casos de coronavírus dispararam em Goiás, o governo do estado lançou uma campanha mais agressiva, que usa o último áudio enviado por um paciente com Covid-19 à família antes de falecer.

“Eu não tenho… Não tenho ar… Sinto muito… A falta de ar… Tô passando… Momentos difíceis… Eu conto com a ajuda aí de vocês… Com um milagre de Deus”, diz em áudio o taxista Sandro Adrésio, de 51 anos, que faleceu de Covid-19.

A campanha deixa claro que o áudio é real e que foi a última mensagem enviada pelo paciente antes de morrer por coronavírus. A campanha termina com a mensagem: “Ou você escuta que a Covid-19 mata ou quem vai escutar é a sua família. Evite aglomerações, use máscara e álcool em gel”.

A conscientização se faz especialmente necessária neste momento, uma vez que a taxa de ocupação de leitos de UTI no estado está acima de 90%. De acordo com o jornal Folha de S.Paulo, a gestão do governador Ronaldo Caiado (DEM) diz que a ideia da campanha é sensibilizar as pessoas.

“A guerra contra a Covid-19 tem a cada dia perdido uma batalha para o hedonismo, para os discursos simplistas e ignorantes. Leitos estão se esgotando à medida que também esgota a força e a saúde dos profissionais de saúde”, afirmou Ismael Alexandrino, secretário de Saúde de Goiás.

“Urge termos um mínimo de empatia pelo próximo e respeito pelas centenas de milhares de vidas que foram ceifadas pela Covid-19. Os milhares de leitos abertos serão insuficientes diante de tamanha ignorância humana”, completa.

Segundo o portal G1, dez hospitais da rede goiana de saúde registraram ocupação máxima em seus leitos de UTI na última sexta-feira (26).

O estado registrou pelo terceiro dia consecutivo mais de 3 mil novos infectados por Covid-19. Foram 3.395 infectados na sexta, 3.090 na quinta e 3.333 na quarta.

***
Redação Conti Outra, com informações de Pragmatismo Político.
Foto destacada: Reprodução.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES




COMENTÁRIOS




CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.