O Nepal tem ótimas notícias para todos aqueles que lutam ou torcem pela proteção de espécies animais pelo mundo: o país relatou que a sua população de tigres selvagens é hoje 40% maior em comparação com dados de 2015.

O país da Ásia Meridional quase triplicou o número de tigres na natureza, como mostram os resultados da Pesquisa Nacional de Tigres e Presas. Os dados foram divulgados recentemente pelo primeiro-ministro Sher Bahadur Deuba.

Um extenso esforço cobrindo 18.928 quilômetros quadrados — mais de 12 por cento do país — e 16.811 dias do tempo da equipe de campo foram investidos para completar a pesquisa. Os resultados trazem grande esperança e segurança sobre o futuro a longo prazo dos tigres no Nepal.

O aumento histórico de 190% desde 2009 é resultado da proteção dos principais habitats e corredores de tigres, da parceria com comunidades locais e da repressão à caça e ao comércio ilegal de animais selvagens.

A meta de dobrar os tigres selvagens em todo o mundo, também conhecida como Tx2, foi estabelecida pelos governos em 2010 na cúpula internacional de São Petersburgo sobre conservação de tigres.

O WWF-Nepal foi um parceiro de implementação na pesquisa liderada pelo Departamento de Parques Nacionais e Conservação da Vida Selvagem.

“Esta vitória na conservação é resultado da vontade política e dos esforços conjuntos das comunidades locais, jovens, agências de fiscalização e parceiros de conservação… o resultado de um esforço sustentado ao longo de muitos anos”, disse Ghana Gurung, Diretor Nacional do WWF-Nepal.

“A nova estimativa da população de tigres do Nepal mostra que é possível salvar espécies à beira da extinção e nos dá um motivo real para comemorar este Dia Global do Tigre”, disse Ginette Hemley, vice-presidente sênior de conservação da vida selvagem do WWF nos EUA.

***
Redação Conti Outra, com informações de Good News Network.
Foto destacafda: Reprodução.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.