Terapeuta constrói jardim medicinal do tamanho de um campo do futebol, com cura para todas as partes do corpo

A cura através das ervas: Há 23 anos, o terapeuta Marlei Balbo iniciou o projeto de um jardim com ervas medicinais no seu quintal. Hoje o “jardim do bem” impressiona pelo tamanho, pela beleza e pela quantidade de ervas, vindas de todas as partes do mundo.

REDAÇÃO CONTI outra

Quem conhece o ‘Jardim do Bem’, localizado na cidade de Sertãozinho (SP), se impressiona pela sua beleza exuberante e pela sua dimensão. Ele tem o tamanho de um campo de futebol, abrigando doze canteiros. Visto de cima é um deslumbre!

Este projeto, que poderia muito bem ser obra da ficção, foi idealizado pela terapeuta Marlei Balbo há 23 anos. Tudo começou com um jardim no quintal da própria terapeuta, reunindo as plantas de acordo com o problema de saúde que cada uma tratava.

Com o passar do tempo, o jardim foi crescendo em dimensão e em variedade de ervas. Hoje é um imenso jardim, conhecido como ‘Jardim do Bem’. Cada um dos seus doze canteiros representa uma parte do corpo humano que pode ser beneficiada com as mais de 300 ervas, vindas de todas as partes do mundo.

Hoje, as sementes que renovam os canteiros vem do próprio jardim. E o melhor, toda semana Marlei doa as ervas colhidas do jardim a pacientes da fundação “Ponte pra Luz”, que oferece terapias alternativas a pessoas da periferia de Ribeirão Preto.

Em conversa com a reportagem do programa Terra da Gente, da Rede Globo, a terapeuta disse: “É um jardim para você vir meditar, para você vir passear, caminhar entre as ervas. A frequência das ervas já vai estar agindo em você.”.

O “Jardim do Bem” é um lugar verdadeiramente surpreendente.

***
Redação CONTI outra. Com informações de G1

Imagens: Plantas ficam separadas em 12 canteiros — Foto: Terra da Gente

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




REDAÇÃO CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.