Para muitas pessoas que vivem em um relacionamento monogâmico, a infidelidade é a maior ameaça a uma relação, já que se perde a confiança no que foi construído a dois.

Mas como tudo no mundo, onde alguns veem um problema, outros veem uma oportunidade, e o mesmo aconteceu com Georgette Culley, de 34 anos.

Acontece que em seu casamento ela foi infiel ao marido e, segundo ela, isso ajudou seu casamento a se restabelecer. Ela explicou ao The Sun que o relacionamento deles havia caído em uma rotina, então ela decidiu sair com outra pessoa e depois contar ao marido.

Ela conta que precisava ser honesta e, embora tenha sido difícil para o marido aceitar, ele acabou se desculpando por tê-la negligenciado.

Segundo Georgette, seu marido trabalhava muito e acabava se esquecendo de estar presente e inteiro na relação, e foi isso que ela usou como justificativa quando revelou seu caso extra-conjugal. À princípio, ele ficou introspectivo, mas depois acabou reconhecendo seus erros.

Ela conta ainda que acabou conseguindo recuperar a confiança do marido sendo honesta com ele.

Para ela, as pessoas adúlteras não são más, mas cometem erros por não receber atenção o suficiente em casa. Ele acha que o melhor é resolver os problemas depois dessas situações, não vê a separação como algo necessário depois de uma infidelidade.

“De alguma forma, acabei sendo a vítima e ele começou a se desculpar comigo. Pode parecer loucura, mas a maioria dos adúlteros não são pessoas más, são pessoas boas que cometeram um erro.”, disse Georgette Culley.

***
Redação Conti Outra, com informações de UPSOCL.
Fotos: Instagram / Georgette Culley.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.