Taís Araújo faz homenagem à atriz do comercial de Tang: “A única criança negra que via na televisão”

Taís emocionou seus seguidores no Instagram ao agradecer à atriz Cinthya Raquel, a primeira criança negra a protagonizar um comercial no Brasil. “me fazia sentir ser uma criança possível nesse país porque eu que fui criada em um meio que tinha muitos brancos... e poucos negros.”

REDAÇÃO CONTI outra

Taís Araújo é hoje uma das atrizes mais talentosas do país e uma verdadeira inspiração para muitas meninas negras, que se sentem representadas por ela na tela da TV. O que não se sabia até pouco tempo é que a atriz global também teve alguém em quem se inspirar na infância. Trata-se da atriz Cinthya Raquel, a Biba do Castelo Rá-Tim-Bum, que surgiu pela primeira vez no vídeo no final dos anos 80 ao ser a primeira criança negra a protagonizar um comercial de televisão. Ela aprecia sorridente na telinha fazendo propaganda para uma marca de suco e acabou se tornando referência para muitos crianças da sua geração, como bem explica Taís em um post feito no seu Instagram na última terça-feira (4).

 

Ver essa foto no Instagram

 

1987. Propaganda do Tang. A primeira criança negra a protagonizar um comercial. Apesar de já fazer mais de 30 anos ainda hoje que tem gente que me escreve falando que lembra da menininha do Tang e de como foi importante ver alguém negro e de cabelo cacheado na tv bem na época de paquitas e apresentadoras loiras (e se a gente analisar a mudança no cenário foi pequena…) Sabiam que a primeira propaganda deles que eu gravei (essa aí da foto), com uns 6, 7 anos, nem sabia ler ainda e decorei o texto com um walkman de fita cassete? E pior que lembro do texto: se você é pequeno, toma tang num copo pequeno, se você é grande, toma tang num copo grande, se você é esperto toma os dois. Curiosidade, o figurino era meu, minha mãe tinha comprado pra eu ir em um casamento, algo assim. Quem lembra? #TBT

Uma publicação compartilhada por Cinthya Rachel (@cinthyarachel) em

“No domingo eu postei um vídeo da @valeriabarcellosoficial falando sobre a importância da representatividade. Nele, a Valéria conta que eu fui amiga imaginária dela durante muitos anos. No texto eu citei que também tive uma amiga imaginária, a atriz que fazia o comercial da Tang! A única criança negra que eu via na televisão. Durante anos e anos eu só tinha aquela menina para me acolher. Era a única imagem que me fazia sentir ser uma criança possível nesse país porque eu que fui criada em um meio que tinha muitos brancos… e poucos negros.”, iniciou a esposa de Lázaro Ramos.

“A Cinthya Rachel foi minha amiga imaginária. E por muito tempo as pessoas me perguntaram se eu era a menina da Tang. Que saber a verdade? Eu confesso! Muitas vezes eu disse que sim, que eu era ela. Anos depois a gente se conheceu fazendo a novela Tocaia Grande ficamos bem próximas. Na época eu não tive coragem de falar para a Cinthya o que eu vou falar agora: Cinthya, você foi muito importante para a minha formação, muito importante na minha infância, muito importante para uma geração inteira. Acho que as mulheres que hoje tem cerca de 40 anos só tiveram você de referência. E você precisa saber o tamanho da sua importância e eu preciso te agradecer publicamente por me fazer sentir possível. Acho que se hoje eu tô aqui é porque devo muito a você. Se a minha criança foi uma criança acolhida, esse acolhimento também se deve muito a sua existência naquele lugar, o que foi e é muito importante e tem que ser celebrado por todas nós.”, continuou a protagonista de Amor de Mãe.

 

Ver essa foto no Instagram

 

No domingo eu postei um vídeo da @valeriabarcellosoficial falando sobre a importância da representatividade. Nele, a Valéria conta que eu fui amiga imaginária dela durante muitos anos. No texto eu citei que também tive uma amiga imaginária, a atriz que fazia o comercial da Tang! A única criança negra que eu via na televisão. Durante anos e anos eu só tinha aquela menina para me acolher. Era a única imagem que me fazia sentir ser uma criança possível nesse país porque eu que fui criada em um meio que tinha muitos brancos… e poucos negros. A Cinthya Rachel foi minha amiga imaginária. E por muito tempo as pessoas me perguntaram se eu era a menina da Tang. Que saber a verdade? Eu confesso! Muitas vezes eu disse que sim, que eu era ela. Anos depois a gente se conheceu fazendo a novela Tocaia Grande ficamos bem próximas. Na época eu não tive coragem de falar para a Cinthya o que eu vou falar agora: Cinthya, você foi muito importante para a minha formação, muito importante na minha infância, muito importante para uma geração inteira. Acho que as mulheres que hoje tem cerca de 40 anos só tiveram você de referência. E você precisa saber o tamanho da sua importância e eu preciso te agradecer publicamente por me fazer sentir possível. Acho que se hoje eu tô aqui é porque devo muito a você. Se a minha criança foi uma criança acolhida, esse acolhimento também se deve muito a sua existência naquele lugar, o que foi e é muito importante e tem que ser celebrado por todas nós. Deixo aqui esse post em sua homenagem com um pouco de vergonha de não ter dito isso 26 anos atrás. Eu era uma menina de 16 anos e queria muito ser sua amiga na vida real! E eu acho que essa foto aí ilustra o tamanho da minha alegria de ter realizado o sonho de ser amiga da minha amiga imaginária. 💓💓💓 Obs: Segue a @cinthyarachel lá no instagram dela. Ela é atriz, mãe e uma mulher muito interessante.

Uma publicação compartilhada por Taís Araujo (@taisdeverdade) em

“Deixo aqui esse post em sua homenagem com um pouco de vergonha de não ter dito isso 26 anos atrás. Eu era uma menina de 16 anos e queria muito ser sua amiga na vida real! E eu acho que essa foto aí ilustra o tamanho da minha alegria de ter realizado o sonho de ser amiga da minha amiga imaginária.”, finalizou a atriz.

O post de Taís gerou grande repercussão e muita gente fez questão de se manifestar nos comentários sobre a importância de Cinthya Rachel para elas, como a influenciadora Tia Ma, a cantora Erica Malunguinho e o ator Icaro Silva, que escreveu: “Muito amor por Cinthya Rachel. Minha irmã também adorava falar que era a garota do suco Tang e a gente era apaixonado pela Biba do Castelo Rá Tim Bum. Arrasou demais nesse post, Taís.”

Quem também repercutiu o post de Taís Araújo foi a própria Cinthya Rachel. “Taissssssss, estou com lágrimas nos olhos. Foi um grande prazer conhecer vc e sua família. Hoje vc é o exemplo, a referência, é o espelho. Que lindo que a gente tem você, que bom que as crianças podem te assistir e se enxergarem ali. Você é luz! Aproveitei muito todos os momentos ao seu lado. Obrigada por tudo!

***
Redação CONTI outra. Com informações de Uol

Imagem de capa: Instagram/ @taisdeverdade

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




REDAÇÃO CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.