O supermercado Extra do Jardim Ângela, na Zona Sul de São Paulo, gerou polêmica entre os clientes do estabelecimento quando passou a entregar bandejas de carne vazias até que o pagamento fosse efetuado pelos clientes.

A ativista Fabiana Ivo frequenta o comércio e foi responsável pela denúncia nesta quinta-feira (14). A prática é exclusiva desta unidade e não foi vista em outros supermercados da capital.

De acordo com Fabiana, a situação ocorreu durante uma compra de carne bovina no açougue da loja. Depois de ter escolhido o produto e vê-lo ser pesado, a ativista recebeu uma bandeja vazia com o código de barras, sendo informada de que a carne poderia ser retirada somente após o pagamento no caixa.

Foto: Reprodução/Facebook

Outro cliente do mesmo estabelecimento, Roberto de Oliveira, também relatou ao G1 uma situação semelhante no local.

“Tem tanta coisa bizarra aqui que a gente vai, infelizmente, se acostumando com certos absurdos. Tem violências como essa que vão se impondo e que nem conseguimos debater”, disse.

Em uma publicação nas redes sociais, Fabiana Ivo relatou que questionou a prática e que uma funcionária da loja disse que era para “evitar roubo”.

“Isso é uma afronta a toda a população das quebradas, duvido que o mesmo aconteça no Extra do Morumbi”, questionou a ativista, em publicação nas redes sociais.

Em uma nota oficial, o Extra disse que “o procedimento não faz parte de sua política de atendimento” e que foram tomadas “providências para que a prática fosse imediatamente descontinuada”. A empresa disse ainda que a conduta é uma “falha pontual de procedimento”.

 

Com informações de G1

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.