“Somos tão importantes quanto os médicos”, diz faxineira de hospital sobre ser vacinada contra Covid-19

"Soube ontem de noite que seria vacinada e fiquei muito emocionada. [...] Espero que quando minha filha de 5 anos crescer diga que a mãe lutou contra esse vírus", disse a profissional toda orgulhosa.

CONTI outra

Thais Ribeiro Dessanti integra a equipe de limpeza e higienização do Hospital Vitória, em Curitiba. No último dia 20, depois de ter passado a noite toda no trabalho, ela foi para o Parque Barigui tomar a primeira dose da vacina do coronavírus, no primeiro dia da campanha de imunização na capital.

Em entrevista à Tribuna do Paraná, ela orgulhou-se em dizer: “Somos tão importantes quanto os médicos e enfermeiros. Estou muito feliz em representar as pessoas que trabalham na higienização na Saúde. Espero que quando minha filha de 5 anos crescer diga que a mãe lutou contra esse vírus”

Thaís foi a quarta pessoa a tomar a vacina na capital no primeiro dia da campanha nacional de imunização. “Soube ontem de noite que seria vacinada e fiquei muito emocionada. Trabalhei a noite toda de plantão, só passei em casa para me higienizar e já vim aqui tomar a vacina”, comemorou a pofissional após a aplicação.

A primeira pessoa vacinada na campanha municipal de Curitiba foi a enfermeira Silvana Maria Bora, de 54 anos, que atua na UPA Boa Vista. Outro dos primeiros profissionais de saúde vacinado nesta quarta é o médico Igor Kazuo Onaka, que chegou a ser agredido por um paciente informado do diagnóstico da Covid-19 logo no começo da pandemia.

***
Redação Conti Outra, com informações de Gazeta do Povo.
Foto destacada: Ricardo Marajó/SMCS.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.