A sociedade está aos poucos questionando vários dos estereótipos com os quais passamos muito tempo convivendo, especialmente em relação à pressão estética sobre as mulheres. Em vez de tentarem à tudo custo retardar os sinais da idade para parecerem mais jovens, muitas mulheres já começam a enxergar a beleza possível em cada idade.

Um bom exemplo disso é a atriz hollywoodiana Andie MacDowell, que recentemente atraiu todos os olhares no Festival de Cannes ao surgir belíssima exibindo seus cabelos grisalhos.

Aos 63 anos, a atriz que nos conquistou ao fazer par com Hugh Grant em Quatro Casamentos e um Funeral, de 1994, “libertou” seus cabelos grisalhos, e com isso teve que enfrentar as próprias inseguranças, como relatou na última edição da revista Vogue.

“Aos 40 anos, meu cabelo grisalho começou a crescer e cada vez que meus filhos me viam, eles me garantiam que eu estava linda. Amarrava o cabelo com um laço e parecia duas latas de sal e pimenta, preto e prata. Gosto de me comparar a George Clooney porque, por que não? Há muito tempo penso que já era hora de eu, pessoalmente, fazer essa transição, porque senti que era condizente para minha personalidade e com quem eu sou. Durante o confinamento, tive muito tempo livre e fiquei obcecada por Jack Martin, que penteava o cabelo de Jane Fonda. Eu compartilhei aquelas fotos de Jane com muitas pessoas e pensei, ‘Ei, eu quero fazer isso.’

Porém, para a atriz não foi tão fácil e antes de tomar a decisão, ela buscou várias referências de mulheres de cabelos grisalhos para se inspirar. Apesar de não encontrar muitas celebridades com esse estilo, ela foi guiada por várias mulheres nas redes sociais que empoderaram outras com seus cabelos grisalhos.

“Eu estava olhando para mulheres reais que estavam mudando para cabelos grisalhos, assim como mulheres mais jovens na casa dos cinquenta anos que estavam indo naturalmente. Dava para ver o antes e o depois e gosto do depois”, disse a atriz sobre esse processo.

Porém, uma vez tomada a decisão, se deparou com opiniões que se opunham, de certa forma, ao que ela procurava. Por exemplo, seu empresário avisou que “não era a hora” , mas Andie não cedeu e disse “Acho que você está errado, serei mais poderosa se aceitar onde estou agora”.

Seu cabelo grisalho é poderoso!

“Acho que a idade do meu rosto não combinava mais com o meu cabelo. De alguma forma, eu sinto que pareço mais jovem agora porque pareço mais natural. Não é como se eu estivesse tentando esconder algo. Acho que é um movimento, uma demonstração de poder, e era isso que dizia aos meus assessores. É exatamente o que preciso fazer agora”, concluiu para a Vogue.

***
Redação Conti Outra, com informações de UPSOCL.
Fotos: Getty Images

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.