Seu último desejo foi tomar uma cervejinha com seus filhos.

A fotografia tornou-se popular nas redes sociais, onde várias pessoas se identificaram por terem feito o mesmo com seus entes queridos, como forma de despedida.

Ana Carolina Conti Cenciani

A fotografia tornou-se popular nas redes sociais, onde várias pessoas se identificaram por terem feito o mesmo com seus entes queridos, como forma de despedida.

Infelizmente a vida não é para sempre, muitas pessoas são vítimas de doenças ou até mesmo da idade e acabam falecendo. Os que ficam são os que mais sofrem por conta da saudade, mas os momentos bons são os que devem ser lembrados.

Foi o caso de Norbert Schemm, um homem de 87 anos de Appleton, Wisconsin (Estados Unidos), que sofria de câncer de cólon em estágio 4.

“O meu avô faleceu hoje. Ontem à noite tudo o que ele queria era tomar uma última cerveja com seus filhos.”, contou Adam, neto de Norbert.

Norbert estava lúcido e como sabia que não tinha muito tempo, ele fez seu último pedido, para se despedir desejou tomar uma última cerveja com seus filhos e esposa.

Aproveitando o momento, eles tiraram uma foto para recordar, uma foto que agora decora a casa de seus filhos e representa um dos últimos e bons momentos de Norbert.

“Todo mundo sabia o que ia acontecer, por isso ficamos juntos. Foram os últimos 90 minutos que tivemos. Bebemos cerveja, conversamos sobre a família e fizemos todos prometerem cuidar da minha avó. Eles foram casados por 65 anos.”, Adam comentou com a Today .

Durante aquela noite, Norbert faleceu. Ele se foi em paz, com seu último desejo realizado.

Com a foto e a história de Norbert publicada no Twitter –por seu neto- várias pessoas responderam, contando que passaram por uma situação semelhante:

“Fiz o mesmo com meu pai em maio. Cerveja gelada e um jogo dos Yankees. Meus pêsames”

“Minha avó fez o mesmo, mas com shots de Baileys”.

Um último adeus, como todos gostariam. Um brinde com os entes queridos, abraços, beijos, uma boa conversa e adeus.

 

 

Com informações de UPSOCL

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS