Se o vento no sul hoje é do oeste, onde o norte?

Se esse vento não ventasse assim forte fazendo esse barulho na minha ventana, talvez hoje pensasse que tudo já está passando, ficando um pouco melhor e o dia poderia trazer uma inesperada, frágil ou louca alegria.

Rejane Dockhorn

Se esse vento não ventasse assim forte fazendo esse barulho na minha ventana, talvez hoje pensasse que tudo já está passando, ficando um pouco melhor e o dia poderia trazer uma inesperada, frágil ou louca alegria.

Mas é tão forte quanto o desassossego da alma, o vento nestes tempos de dores e incertezas que minam esperanças mesmo em dias de céu tão azul.

As crenças se muitas ou poucas não bastam ou se bastam não são o bastante ao espírito humano na angústia das horas incertas.

Como se numa guerra há medo entre os homens a quem Ele quer bem. E, se o vento no sul hoje é do oeste, onde o norte?

Está ao leste, a cada sol nascente.

***

Photo by William Randles on Unsplash

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Rejane Dockhorn
Rejane Dockhorn estudou Letras Português/Alemão em São Leopoldo, na Unisinos. Pós Graduação em Literatura Alemã na mesma Universidade, onde também atuou como docente. Cursou por um ano a Universidade Trier, Alemanha. Atualmente mora em Porto Alegre. e prepara o seu primeiro livro solo que publicará em breve.