Sabe…

Sabe, às vezes a gente se fecha para a vida. Sufoca os impulsos interiores. Cala a intuição. Aprisiona o coração.

Susiane Canal

Sabe, às vezes a gente se fecha para a vida
Sufoca os impulsos interiores
Cala a intuição
Aprisiona o coração
E depois não entende porque está murchando
Porque adoece
Porque sofre
Porque a dor conta da nossa alma
Daí, olha para trás em busca de aonde errou
Em que altura da caminhada se desvirtuou
Onde foi perdida a empolgação
A vitalidade, a luz, a energia
E percebe que foi desde que decidiu virar “sério”
“Adulto”, de fato
Cheio de obrigações socialmente impostas
E vazio de leveza e emoção
Simplesmente não deu mais espaço para o que fazia o coração vibrar
Sem se dar conta de que isso, mais cedo ou mais tarde, iria nos sufocar
Então, é chegada a hora de tomar uma decisão:
Ou se continua assim, sucumbindo cada vez mais sem saber ao certo onde isso vai parar,
Ou se faz uma revolução interior e se encara as mudanças que a nossa alma clama
Certos de que viver uma vida plena implica riscos, coragem e dedicação
Mas é a que, com certeza, vale a pena.

***

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Susiane Canal
“Servidora Pública da área jurídica, porém estudante das questões da alma. Inquieta e sonhadora por natureza, acha a zona de conforto nada confortável. Ao perder-se nas palavras, busca encontrar um sentido para sua existência...”