Rodrigo Faro está vivendo um momento delicado em sua relação com Record TV, onde já teve status de estrela máxima. Isso porque a emissora decidiu reduzir o valor do salário do apresentador de “Hora do Faro” em uma quantia bastante expressiva.

Em dezembro do ano passado, quando a emissora de Edir Macedo fez uma nova proposta a Faustão de assumir a programação de domingo, teria ficado explícito que o desempenho de Faro não estaria agradando a emissora. Aliás, naquele momento, a emissora ainda não tinha renovado o contrato com o apresentador.

Agora, a Record resolveu reduzir em 50% o valor do salário milionário pago a Rodrigo Faro. Segundo Leo Dias, inicialmente, a emissora pretendia reduzir seu salário de 1,2 milhão por mês para 300 mil. Entretanto, o apresentador negociou e agora receberá 600 mil reais por mês.

Novos rumos na carreira

Faro, que teve uma bem-sucedida carreira como ator de novelas na Globo antes de se consolidar como apresentador, está prestes a fazer seu retorno à dramaturgia. Ele interpreta Silvio Santos no longa-metrangem ‘O Sequestro’, dirigido por Marcelo Antunez (Polícia Federal: A Lei é para Todos) a partir de um roteiro assinado por Newton Cannito (Magal e os Formigas) e Anderson Almeida.

O filme é uma dramatização do caso policial de 2001 em que o apresentador e dono do SBT, Silvio Santos, foi feito refém junto de sua filha Patrícia Abravanel.

A distribuição do filme, que ainda não tem data de estreia oficial, é da Paramount Pictures em parceria com a Imagem Filmes.

Veja a caracterização de Rodrigo Faro como Silvio Santos na imagem abaixo.

***
Redação Conti Outra, com informações do Terra e do Omelete.
Foto destacada: Reprodução/Redes sociais.







LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES



As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.