Quase todos nós já presenciamos a triste cena de um cãozinho de rua sendo enxotado de algum estabelecimento comercial por ter ‘ousado’ procurar alimento para saciar sua fome.

Não há nada mais desolador do que notar o olhar triste e cansado de muitos desses animais que lutam todos os dias pela sobrevivência. Pensando justamente nesses bichinhos que sobrevivem da caridade alheia, um homem de bom coração resolveu fazer algo para tentar mudar essa realidade.

João de Souza Araújo (29), que mora em Palmas, no Tocantins, criou um projeto que consiste em fornecer comida e água 24 horas por dia a animais abandonados. Isso se dá através de uma engenhosa invenção que ele batizou como ‘Restaurante Fome Zero’.


O restaurante criado por João possui foi todo pensado para não precisar ser abastecido com tanta frequência, contando com um teto que protege os alimentos do sol e da chuva, além de um recipiente para a ração e um sistema especial de abastecimento de água e iluminação para a noite.

“A fome é a mesma para humanos. A diferença é que as pessoas podem falar, os animais não podem”, disse o inventor.

João contou ainda que pretende expandir o projeto e viabilizar vários pontos espalhados pela cidade, para que um número ainda maior de cães possa ser ajudado. Se depender dele, nenhum animal de rua passará fome na cidade.

“Eles sempre foram muito inteligentes. Quando eu estava lá em casa, eles sabiam a hora certa; sempre que vinham pedir comida, já era tarde. Agora será o tempo todo.” , finalizou João.

***

Redação CONTI outra. Com informações de Amo meu Pet

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.