Faleceu nesta quinta-feira (8), aos 96 anos, a rainha Elizabeth 2ª. Ela estava em seu castelo em Balmoral, na Escócia, onde passava férias desde julho. Elizabeth ocupou o trono por mais de sete décadas, tendo sido a monarca mais longeva da história do Reino Unido.

“A rainha faleceu pacificamente em Balmoral esta tarde. O rei e a rainha consorte permanecerão em Balmoral esta noite e retornarão a Londres amanhã”, informou o Palácio de Buckingham por meio de um comunicado.

O óbito da monarca também foi divulgado nos perfil nas redes sociais da família real:

Logo que comunicado do Palácio de Buckingham informou que Elizabeth estava sob supervisão médica e que seu estado era preiocupante, os membros da família real começaram a viajar para a Escócia.

Na última terça-feira (6), Elizabeth 2ª nomeou a nova primeira-ministra Liz Truss. Ela chegou a posar para foto com a nova mandatária. Na quarta-feira (7), dia da Independência do Brasil, a rainha enviou uma mensagem aos brasileiros.

Em fevereiro deste ano, a rainha foi diagnosticada com Covid-19, mas teve apenas sintomas leves de um resfriado e não apresentou grandes complicações.

Em junho, foi celebrado o jubileu de platina da rainha Elizabeth 2ª, que comemorou os 70 anos no trono britânico. A monarca superou o recorde anterior pertencia à sua tataravó, a rainha Vitoria, que reinou durante 63 anos, 7 meses e 2 dias (de 20 de junho de 1837 até sua morte, em 22 de janeiro de 1901). Aos 96 anos, Elizabeth 2ª era a monarca reinante mais velha do mundo.

***
Redação Conti Outra, com informações do R7.
Foto destacada: Reprodução.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.