Aconteceu no Vale do Itajaí, em Santa Catarina, uma história que tocou o coração de muita gente. Uma mãe pegou alguns alimentos sem pagar em um trailer que há dois anos não tem atendentes. No lugar dos produtos, ela deixou um bilhete explicando que precisava alimentar os filhos e prometendo devolver quando pudesse.

Os alimentos estavam dispoiníveis em um trailer nomeado “Sr. Honestidade”, instalado na BR-470. O valor arrecadado com as vendas do trailer serve para cobrir os custos de uma casa de apoio para pessoas em situação de rua na região. O espaço funciona na base da confiança, as comidas estão dispostas e a ideia é quem pegar algo colocar o dinheiro em uma caixinha.

No bilhete deixado pela mãe, ela explica que pegou a comida para alimentar os filhos: “Olá, eu vim através desse bilhete informar que peguei algumas coisas para o café com meus filhos, mas não vou roubar. Quando eu tiver, prometo devolver. Obrigada. A.C.P”

Segundo Renato Lagatta, presidente da Associação Beneficente Filantrópica Vida Nova, a carta é um retrato de honestidade: “Nós estamos caminhando para ser um povo mais unido e honesto. Isso [a carta] é a prova de honestidade”.

Uma outra carta que chama a atenção é de uma pessoa que havia deixado R$120 para o pagamento de um pão. No bilhete, colocam que o resto do dinheiro é para ser utilizado para alimentar quem precisa.

***
Redação Conti Outra, com informações de Estado de Minas.
Foto destacada: NSC TV/ Reprodução.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.