A quarta temporada da série The Crown, da Netflix, estreou fazendo muito barulho. Em grande parte isso se deve à tão aguardada aparição de Lady Di na história. A trama aborda o início do relacionamento entre ela e o Príncipe Charles e sugere que o filho da raínha tenha se envolvido com Camila Parker Bowles enquanto mantinha compromisso com Diana.

Apesar da euforia dos fãs com a nova temporada, há quem não esteja nada satisfeito com os rumos que a série está tomando. De acordo com o jornal Times, William, filho primogênito de Charles e Diana, considerou a série “profundamente intrusiva” e que dá uma “visão perversa e nojenta dos membros mais importantes da família real britânica”.

“Eles estão explorando os meus pais para ganhar dinheiro”, detonou o Príncipe William ao Times, acrescentando que Charles e Lady Diana Spencer foram “apresentados de uma forma falsa e simplista”.

Mesmo com as críticas do filho mais velho de Diana, o antigo mordomo da princesa, Paul Burrell, elogiou a produção e disse que é “é a melhor série já feita até agora, porque mostra a verdade em uma dramatização precisa do que realmente aconteceu”.

***
Redação Conti Outra, com informações de Isto É.
Fotos: Reprodução.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.