Presidente da Bielorrússia sugere 50 ml de vodka por dia e sauna para curar Covid-19

Alexander Lukashenko, presidente da Bielorrússia, causou grande polêmica ao declarar que “as pessoas não deveriam apenas lavar suas mãos com vodka, mas também envenenar o vírus com ela.”

REDAÇÃO CONTI outra

Alexander Lukashenko, presidente da Bielorrússia há 26 anos, vêm causando controvérsia ao defender que 50 ml de vodka por dia e idas à sauna seriam um bom tratamento para a Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Segundo informações do jornal americano New York Post, Lukashenko tem dito que os países que adotaram políticas de isolamento estão sendo vítimas de uma “psicose” “psicose”. Além disso, o presidente bielorusso também tem insistido para que a população do país – estimada em cerca de 9,5 milhões de habitantes – continue trabalhando normalmente, independentemente da pandemia de coronavírus que assola o mundo.

Mostrando que falou sério sobre seguir a vida normalmente, o líder do Executivo do país do Leste Europeu foi visto participando de uma partida de hóquei no gelo no último sábado (28). Na ocasião, Lukashenko disse: “É melhor morrer de pé do que viver de joelhos” – em citação ao revolucionário mexicano Emiliano Zapata.

O presidente ainda afirmou que a prática esportiva é o melhor remédio anti-vírus. “Não tem vírus aqui”, disse durante a partida. E completou: “Eu não estou vendo (os vírus)”.
Seguindo o fluxo de declarações polêmicas, Lukashenko ainda afirmou que a psicose por causa do vírus tem afetado seriamente as economias dos países, dizendo que “o mundo enlouqueceu”.

“As pessoas não deveriam apenas lavar suas mãos com vodka, mas também envenenar o vírus com ela”, aconselhou o presidente bielorrusso. “Vocês deveriam beber o equivalente a 40-50 mililitros de álcool por dia. Mas não no trabalho.”

E não parou por aí, o presidente também aconselhou que o momento ideal para a “medicação” seria depois de ir à banya – um tipo de sauna russa – duas ou três vezes por semana. “Quando você sair da sauna, não apenas lave as mãos, mas também tome 100 ml de vodka”. , finalizou o presidente da Bielorrússia.

***
Imagem de capa Reuters/Anton Golubev By: Gulliver Cragg
Redação CONTI outra. Com informações de Jornal de Brasília

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




REDAÇÃO CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.