Maegan Hall, de 26 anos, atuava como policial na delegacia de polícia de La Vergne, no Tennessee, Estados Unidos, até ser expulsa da corporação. O motivo da sua dispensa foi a descoberta de que ela mantinha relações extraconjugais com 6 de seus colegas de farda, às vezes quando estava de plantão e dentro de prédios públicos. Ela inclusive havia trocado fotos explícitas com alguns deles.

Hall declarou em sua defesa que tem um casamento aberto com seu marido Jedidiah Hall, de 28 anos.

Segundo reportagem do “Daily Mail”, Maegan se mostra arrependida diante das consequências da sua má conduta no trabalho. Quatro outros policiais também foram expulsos no escândalo e dois foram suspensos. Apesar de ter ocorrido em uma “pequena cidade do interior”, o caso teve grande repercussão em toda a mídia americana.

“Eu não quero discutir isso, eu só vou seguir em frente e viver minha vida”, declarou Maegan na semana passada.

Quatro outros policiais também foram expulsos no escândalo e dois foram suspensos. Apesar de ter ocorrido em uma “pequena cidade do interior”, o caso teve grande repercussão em toda a mídia americana.

Diante da situação, o marido de Maegan não deixou de apoiá-la, segundo declarações dadas por Chad Partin, xerife do condado de Coffee.

“Não sei como ele está fazendo isso, ele é mais homem do que eu. Está tentando salvar o casamento”, disse ao “Daily Mail” o chefe de Jedidiah, o xerife do condado de Coffee, Chad Partin.

Partin contou ainda que Jedidiah, que é filho de um pastor evangélico, estava em treinamento para a Patrulha Rodoviária do Tennessee, mas resolveu abandonar o sonho devido ao escândalo envolvendo a sua esposa e, em vez disso, conseguiu um emprego como assistente do Escritório do Xerife.

“Eu ofereci e estendi a ele qualquer recurso que ele precisa. E tudo o que ele diz é: ‘Xerife, eu só quero trabalhar para os cidadãos de Coffee County e adoro o que estou fazendo’. Não aceito o que aconteceu no Departamento de Polícia de La Vergne, mas com certeza ele (Jedidiah) não infringiu nenhuma lei. Ele é a vítima aqui. Não há uma mancha sequer no seu currículo. Ele está fazendo um trabalho fenomenal, fenomenal”, acrescentou Partin.

Maegan e Jedidiah são namorados desde os tempos de faculdade e se casaram em novembro de 2018. Em março do ano passado, eles compraram a primeira casa da família em Manchester (Tennessee).

O chefe de polícia Burrell Davis comentou: “Esta é uma situação difícil para nosso departamento e para a cidade, mas quero deixar claro que as ações de alguns não representam este departamento”.

***
Redação Conti Outra, com informações do UPSOCL e Extra.
Fotos: Correio diário/Facebook.







LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES



As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.