A polêmica sobre Osho e a orientação dos signos através do Tarot Zen, inspirado nas suas mensagens e na sabedoria oriental.

À você, que terá contato com esse texto, peço que o faça seguindo quatro passos: ler, refletir, entender e discernir.

Atualmente, devido ao documentário exibido pela Netflix, denominado Wild Wild Country, muitas pessoas têm se voltado contra a figura de Osho, devido a todo enredo apresentado pela série, que mostra o embate entre a comunidade criada por Osho, denominada Rajneshpuram e os cidadãos da cidade vizinha, Antelope, no Estado do Oregon, nos Estados Unidos da América.

Às luzes do documentário, pessoas começaram a demonizar a figura de Osho e suas atitudes, quando dos fatos retratados pela série acima referida.

Sem querer defender a figura de Osho e seu comportamento, naquele episódio em particular, gostaria de dividir com vocês algo do meu sutil conhecimento sobre sua figura e sobre seus ensinamentos. Há que se dizer, primeiramente, que Osho nunca escreveu um livro sobre sua “filosofia” e todos os que conhecemos, assim como o Tarot Zen (inspirado em muitas de suas palavras, mas também na sabedoria oriental). foram escritos por estudiosos e discípulos desse, então, denominado Mestre.

Conta sua biografia, que Osho teria apenas 23 anos quando iluminou-se, ou seja, alcançou sabedoria e conhecimento além de sua jovem idade e de sua parca experiência de vida.

A partir de tal fato, temos que dividir dois momentos na vida de um “iluminado”: o conhecimento que ele alcança e o que vai fazer com ele de modo amplo e de modo pessoal.

De modo geral, Osho deixou várias mensagens de cunho humanístico, que, com certeza, ajudaram muitas pessoas que tiveram contato com elas, na busca pelo autoconhecimento. É inegável, que muitas de suas histórias, exemplos e lições tenham âmbito bastante altruísta e toquem de modo positivo nossa alma.

O Tarot Zen, de Osho, foi criado inspirado nessas mensagens positivas e que buscam elevar nosso ser espiritual. Quem o conhece, sabe da beleza de seus arcanos e da profundidade de suas mensagens. Assim, por ser um Tarot voltado ao lado espiritual e emocional dos seres, o elegi, ao lado do Tarot de Marselha e o Tarot Egípcio, também conhecido como Tarot Adivinhatório, um dos meus instrumentos de estudo dos seres humanos e sua intensa ligação com o mundo espiritual ou esotérico.

Quanto ao homem Osho, não cabe a mim julgar o que fez de sua iluminação para sua vida pessoal, mas sim valorizar ensinamentos, que com meu discernimento e sentimentos anímicos, percebo como bons e proveitosos.

Muitas pessoas entendem que a iluminação, a mediunidade, entre outros atributos espirituais, sejam um talento, uma bênção. Quando estudamos estas questões, com afinco e com a correta orientação, descobrimos que tais dons são, na verdade, provas a serem vencidas. O iluminado também continua sendo um homem, e como tal, na vigente constituição terrena, está exposto à dualidade, ao bem e ao mal. Por isso, mesmo diante de um poder e de conhecimentos profundos, tende a falhar ou não, pois tais escolhas são pessoais e não tem aspecto divino. Um iluminado não é um predestinado à santidade. É alguém que erra e acerta, de acordo com seu próprio livre arbítrio.

Nós vivemos isso em nosso cotidiano, pois, como seres imperfeitos, agimos de uma ou outra forma, dependo das situações que se nos apresentam. E também buscamos melhorar ou não, dependendo de nossas tendências pessoais e de sermos, de maneira mais ou menos intensa, suscetíveis às paixões humanas.

Em suma, pela qualidade de seus ensinamentos e pela capacidade de reflexão que me inspira, continuarei a realizar orientações para os signos do Zodíaco, segundo a astrologia, conjugada ao Tarot Zen (conhecido como o Jogo Transcendental do Zen), desejando poder levar a todos, um mínimo de conhecimento interior, uma gota de alento, um bom direcionamento e, por último, uma capacidade enorme de percepção e ponderação.

Deste modo, vamos a essas orientações, com o intuito de revelar o que há de melhor no Zen, na perspectiva da tarologia.

ÁRIES (21/03 a 20/04)

Arcano: Preguiça: Mesmo estando esgotadas suas forças, você deve ter a certeza que ainda não tentou tudo. O tentar é o valor primordial a se perseguir e essa perseguição nunca termina. Não entenda uma determinada situação, em sua vida, como finda. A nossa existência é feita de ciclos, que se repetem, portanto é sua obrigação dar continuidade e finais diferentes a cada ciclo. Atente para o pulsar do Universo e o poder transformador da ação.

TOURO (21/04 A 21/05)

Arcano: Participação: Todos trazemos participações únicas para a criação. Ao mesmo tempo que usufruímos do que foi criado, devemos canalizar nossa energia criativa para transformar cotidianamente o nosso ambiente interno e externo. A vida está lhe solicitando que transfira o que consome, pois sua energia imaterial não deve ficar armazenada. Armazenar energia traz doença física e insanidade mental. Doe na mesma medida que recebe.

GÊMEOS (21/05 A 20/06)

Arcano: Possibilidades: Para que você enxergue o que vem lhe sendo oferecido, deve desprender-se de suas amarras e das coisas que lhe prendem ao chão. Rotina e destino são criações de nossa mente. Portanto, podem e devem ser mudadas, segundo nossos desejos mais profundos. Não tenha medo de se arriscar a voar. É nas alturas que enxergamos novos horizontes e perspectivas.

CÂNCER (21/06 a 21/07)

Arcano: Nova Visão: Não tema a escuridão que pode apoderar-se de você, neste momento. É necessário que ocorra o ocaso, para que o dia possa suceder a noite. Assim, o que se esconde neste momento virá à tona na hora certa. Deste modo, sua visão se aclarará e você entenderá o porquê é tão importante a luz suceder as trevas. O futuro promissor deve ser cultivado com tolerância e comiseração.

LEÃO (22/07 A 22/08)

Arcano: Ruptura: Padrões existem para serem rompidos. Se o momento presente sufoca seus ideais, tenha energia suficiente para dizer não ao que lhe desagrada. Mudança sem dor e sacrifício é ilusão. É preciso romper com o passado para criar um novo hoje. Esse é o momento. Respire e avance.

VIRGEM (23/08 A 22/09)

Arcano: Coragem: O sentido da existência está em não evitar ou negar os desafios. A oportunidade de transformação se apresenta no agora. Mas o agora é muito tênue. Por isso agarre suas chances, sem retroceder. A ousadia está ao seu lado e pede que você a utilize com sabedoria.

LIBRA (23/09 a 22/10)

Arcano: Mudança: Compreender o padrão é primordial neste momento. Você entende que o amor sucede o ódio, o bem sucede o mal, a alegria sucede à tristeza. Mas, se você se conforma com isso, não está preparado para quebrar paradigmas. Esta é a oportunidade de fazê-lo. Por que esperar que o fracasso suceda o sucesso? Perceba o padrão e rompa com ele e toda positividade sucederá o que já é positivo.

ESCORPIÃO: (23/10 a 20/11)

Arcano: Sofrimento: Tempos de grande sofrimento levam a tempos de grande transformação. Ninguém deseja ser infeliz para sempre. Deste modo, deixe rancores no passado. Para que rememorá-los e se submeter novamente à dor? Devolver ao ofensor a ofensa não é fazer-lhe o mal e sim fazer-se o bem e tornar-se melhor e mais feliz por isso.

SAGITÁRIO: (21/11 a 20/12)

Arcano: Relâmpago: O inesperado ocorre. Não há como evitar. Por isso, nunca devemos acostumarmo-nos à rotina. Já que nossos planos podem ser quebrados a qualquer momento, por qualquer motivo, devemos agir com desprendimento e muitas vezes, sermos apenas observadores das circunstâncias. Não adianta lutar na hora de retroceder. Melhor será despender sua energia em novas conquistas.

CAPRICÓRNIO: (22/12 a 20/01)

Arcano: Amistosidade: O nascimento de um amor verdadeiro se delineia em seu horizonte. Não um amor carnal e sensual, mas algo com características incondicionais. Você está prestes a encontrar um querer diferente em sua vida, a que possa dedicar-se e ter plena satisfação. Olhe para todos os lados e saiba avaliar onde estará esse amor. Para isso conte com a energia da compaixão e com um olhar profundamente emocional sobre o que se aproximar.

AQUÁRIO: (21/01 a 19/02)

Arcano: Concessão: Compreenda que existem pontos de vista diferentes dos seus. Mais do que exigir um comportamento digno do outro, o momento é de conceder à ele a oportunidade de acertar ou errar por si mesmo. A sua paz depende do quanto você interfere na vida dos que o cercam. Deixe que o outro viva por si e alcance seu próprio destino. Volte-se para seu caminho pessoal e invista nos seus ideais, sem querer levar o outro por atalhos que servem somente a si.

PEIXES: (20/02 a 20/03)

Arcano: Repressão: Estar prestes a explodir não é uma escolha sensata. Você reprimiu medos e desejos por um longo período e agora sente-se no seu limite. Mas entenda que dissipar tamanha energia negativa ao redor de si, fará com que ela se volte contra você novamente. Encontre um modo suave de desatar esses liames. Inspire, respire, desabafe e faça coisas relaxantes a fim de desobstruir seu peito de sentimentos de ódio e vingança. A ponderação é o caminho do equilíbrio. Se afaste do mal e recupere sua paz antes do próximo passo.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



Marlyse Niero
Marlyse Niero provém de uma família bastante ligada às artes. Entre os seu familiares há músicos, artistas plásticos, cantores. No início da vida adulta chegou a cursar a faculdade de Artes Cênicas, na USP, mas optou por não seguir com o curso por não ver perspectivas na profissão. Foi aí que ela cursou Direito, na USF, e atua como advogada da área cível e da família desde então.Hoje, além do trabalho com o Direito, possui um programa de variedades diário na Rádio Socorro.É também interessada pelo esoterismo desde os 8 anos, quando teve contato pela primeira vez com um baralho de Tarot e deu início a interpretações que vieram naturalmente, e aos estudos na área.

COMENTÁRIOS