Dois pinguins de Humboldt machos adotaram um ovo durante a época de reprodução e agora são os orgulhosos pais adotivos de um filhote de pelos felpudos – e o zoológico de Nova York, onde o ovo foi chocado, diz que o casal está fazendo um “bom trabalho”.

Twitter @SyracuseZoo

O Zoológico Rosamond Gifford, em Siracusa, há anos trabalha para aumentar a população cada vez menor de pinguins de Humboldt na natureza. Esta espécie, que pode ser encontrada na costa do Chile e Peru na América do Sul, está listada como vulnerável pela União Internacional para a Conservação da Natureza.

“Temos algumas notícias muito emocionantes!”, escreveu zoológico no Twitter, ao compartilhar imagens do adorável bebê pinguim, que pesava 226 gramas durante seu primeiro exame de saúde no início deste mês. O filhote eclodiu em 1º de janeiro.

Elmer e Lima, dois pinguins machos da colônia de 28 aves do zoológico, receberam o ovo para incubar e cuidar depois que os funcionários do zoológico começaram a se preocupar com o fato de que os casais reprodutores no zoológico tem “um histórico de quebrar inadvertidamente seus ovos fertilizados”, segundo um relatório divulgado na última sexta-feira (2)

O zoológico disse que a equipe deu o ovo aos pinguins machos em uma tentativa de aumentar as chances de o ovo eclodir. Os dois foram “exemplares em todos os aspectos do cuidado com o ovo”, disse o zoológico, acrescentando que os machos se revezaram protegendo o ovo antes de eclodir.

Twitter @SyracuseZoo

Ted Fox, o diretor do zoológico, disse que nem todos os pares de pinguins são bons em incubar ovos, observando que isso “requer prática”.

Os machos cuidam do filhote alimentando-o e mantendo-o aquecido – ações que, segundo o zoológico, destacam que “famílias não tradicionais fazem um trabalho maravilhoso na criação dos filhos”.

“O sucesso de Elmer e Lima é mais uma história que nosso zoológico pode compartilhar para ajudar pessoas de todas as idades e origens a se relacionarem com os animais”, disse Fox.

Twitter @SyracuseZoo

E enquanto a jornada de adoção do mesmo de Elmer e Lima é a primeira para o Zoológico de Rosamond Gifford, outras instituições ao redor do mundo também relataram resultados positivos com casais de pinguins machos adotando ovos.

Os casais geralmente se revezam protegendo e nutrindo um ovo, aninhando-o entre os pés e protegendo-o de temperaturas frias e perigos com uma dobra de pele descrita por especialistas como uma “dobra felpuda da plumagem da barriga”.

Em um aquário na Espanha, duas pinguins-gentoo fêmeas se tornaram mães pela primeira vez em 2020 e passaram um tempo criando um filhote que adotaram como ovo.

Skipper e Ping, um casal de pinguins-rei machos do zoológico de Berlim, adotaram um ovo abandonado em 2019. Um porta-voz do zoológico disse ao jornal Berliner Zeitung na época que o casal estava “se comportando como pais exemplares, revezando-se para manter o ovo aquecido.”

O zoológico de Nova York diz que chocou mais de 55 filhotes de Humboldt até agora, e que mais filhotes podem nascer em breve. A equipe de lá não descartou dar a Elmer e Lima mais responsabilidades como pais, dizendo que os dois pinguins machos definitivamente seriam os principais candidatos para ajudar a trazer ao mundo novos filhotes.

***
Redação Conti Outra, com informações do Washington Post.
Crédito da foto de capa: Clyde Thomas/Pexels.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.