Pesquisadores italianos criam molécula que promete impedir metástase do câncer de mama

A notícia trouxe esperança a muitas pessoas que enfrentam o câncer de mama. Que venham mais boas notícias!

REDAÇÃO CONTI outra

Um grupo de pesquisadores italianos do Instituto do Câncer de Emília-Romanha foi responsável por desenvolver uma molécula que pode bloquear a metástase do câncer de mama.

A nova molécula nanotecnológica desenvolvida em laboratório é equipada com um fármaco anticâncer e um anticorpo. Para a sua criação, os cientistas utilizaram técnicas de engenharia biomédica.

Em microambiente tumoral, a molécula pode permitir o tratamento do tumor, interrompendo o seu crescimento.

“Estamos confiantes de que este novo produto nanotecnológico trará benefícios terapêuticos concretos no futuro”, disse o Dr. Toni Ibrahim, diretor dos institutos responsáveis pelos estudos que chegaram à criação da molécula.

“O objetivo que hoje nos propomos é verificar a capacidade farmacológica e os resultados obtidos na fase pré-clínica também no paciente, de forma a traduzi-los o mais rapidamente possível, nas vias de tratamento ”, acrescentou ele.

Mesmo que ainda sejam necessários novos estudos com a nova molécula desenvolvida pelos cientistas italianos, a notícia não deixa de trazer esperança a muitas pessoas que enfrentam o câncer de mama.

Aguardamos mais boas notícias!

***
Redação CONTI outra. Com informações de RICERCATORI DEL CDO-TR-TC IDEANO UNA NUOVA PROMETTENTE MOLECOLA NANOTECNOLOGICA  e  Só notícia boa
Imagem de capa: Pesquisadores do Instituto do Câncer Emília Romanha Foto: Irst

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




REDAÇÃO CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.