Um estudo realizado recentemente pela empresa Broadband Choices revelou qual é o filme mais assustador da história. Trata-se do longa de terror “Cuidado com Quem Chama”, de 2020, dirigido por Rob Savage.

Para chegar a esse resultado, o estudo chamado de “The Science of Scare Project” (“projeto da ciência do susto”, em inglês), ouviu 250 pessoas enquanto elas assistiam a 40 filmes de terror em uma maratona assustadora que perdurou por “várias semanas”, sempre “equipados com monitores de frequência cardíaca” e “sob supervisão médica e de pesquisadores”.

Analisando o material coletado, os pesquisadores encontraram um padrão na resposta dos voluntários aos filmes assistidos. Enquanto as pessoas registraram uma média de 64 batimentos por minuto (bpm) em repouso, os índices médios chegaram aos 88 bpm durante a exibição de “Cuidado com quem Chama” – sendo que o pico de susto gerado pelo momento mais intenso do longa atingiu incríveis 130 bpm.

Embora tenha conquistado o primeiro lugar na lista dos títulos mais assustadores, o filme do Reino Unido não registrou o susto mais efetivo. O mérito, segfundo o levantamento, ficou para ‘Sobrenatural’ (2010), que atingiu 133 bpm no pico mais alto da transmissão.

Outro fato interessante é que o estudo apontou uma grande diferença entre os filmes de terror antigos e os mais recentes na hora de assustar o público. Clássicos do gênero, como ‘Halloween’ (1978) e ‘Massacre da serra elétrica’ (1974) ocuparam 17º e 18º lugares, respectivamente, enquanto produções mais novas, como ‘Hereditário’ (2018) e ‘Um lugar silencioso 2’ (2020), ficaram em 5ª e 8ª posições.

O filme “Cuidado com quem Chama” está disponível na Netflix. Confira a sinopse: “Grupo de amigos contrata um médium para fazer uma sessão por Zoom na quarentena. As coisas pareciam bem, até que um espírito maligno começa a invadir suas casas e eles percebem que podem não sobreviver à noite.”

Veja o trailer do filme:

***
Redação Conti Outra, com informações de Olhar Digital.
Foto: Divulgação.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.