A espanhola Joana Sanz, mulher do jogador Daniel Alves, usou suas redes sociais para pedir privacidade aos jornalistas diante do drama familiar que está vivendo nos últimos dias. Ela viu o marido ser preso apenas uma semana após perder a mãe.

Em um story do Instagram, a modelo de 29 anos criticou a postura de alguns jornalistas, que se aglomeram em frente à sua casa. Ela diz ter perdido seus “únicos pilares” e pediu “empatia”.

“Peço por favor à imprensa que está fora de minha casa que respeite minha privacidade neste momento. Minha mãe morreu há uma semana. Mal comecei a supor que ela não está mais por perto e estou sendo atormentada pela situação de meu marido. Perdi os dois únicos pilares da minha vida. Tenham um pouco de empatia ao invés de buscar tantas notícias na dor dos outros”, disse Joana Sanz.

Logo após a prisão de Daniel Alves, a espanhola chegou a fazer um post em apoio ao marido, mas hoje a publicação não está mais visível para seus seguidores.

Daniel Alves e Joana Sanz começaram a se relacionar há sete anos, e se casarm há cinco. No início do mês o jogador viajou à Espanha para dar suporte à esposa, que perdeu a mãe.

O lateral braileiro foi preso sob acusação de ter estuprado uma mulher em uma boate em Barcelona no fim do ano passado.

***
Redação Conti Outra, com informações do UOL.
Fotos destacadas: Reprodução/RFedes Sociais.







LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES



As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.