O pedreiro José Cláudio Batista, morador da comunidade de Jardim Monteverde, na Zona Sul do Recife, viveu momentos de tensão na madrugada desta segunda-feira (12).

Tudo começou quando o acúmulo de água por conta das fortes chuvas na região nos últimos dias provocaram o deslizamento de uma barreira sobre a casa de José Cláudio. O homem conta que vivia naquela casa há cerca de 15 anos com a esposa e os filhos.

O incidente causou um enorme estrago na casa do pedreiro, mas o que o deixou verdadeiramente desesperado foi o fato de não conseguir localizar sua filha, uma adolescente de 14 anos, que não estava na companhia do resto da família no momento do deslizamento da barreira.

Depois de muito procurar, um dos filhos de José lhe contou que sabia do paradeiro da irmã. Segundo ele, a adolescente estava debaixo de toda a terra e barro que se misturavam com tijolos de sua casa.

“E eu comecei a procurar ela, andei no barro procurando minha filha. Eu só pedia ‘cadê minha filha, eu quero minha filha, Jesus’. Eu só via tijolo e muito barro, ela nem sequer respirava”.

E foi aí que José reuniu forças e fez algo que qualquer pai ou mãe faria no seu lugar:

“Comecei a cavar com as minhas unhas, pedi ajuda ao vizinho, a gente cavou e encontrei o pé dela […] tirei o resto do barro, do tijolo e do concreto, ai consegui puxar minha filha”.

Segundo informações do JC, a adolescente chegou a ser levada para a Unidade de Pronto Atendimento, a UPA, apresentando escoriações na cabeça e em uma perna.

Apesar de se encontrar desabrigado depois de ter a casa destruída, José Claudio se diz aliviado por ter conseguido salvar a vida da filha. A família, afinal, sempre será o nosso bem mais precioso nessa vida.

***
Redação Conti Outra, com informações de Awebic.
Fotos: Reprodução/Awebic.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.