Pare de fazer estas 7 coisas e comece a emagrecer!

Eu descobri o caminho das pedras, depois de muito bater a cabeça e consegui "destravar meu metabolismo", comecei a perder peso e, em 10 dias lá se foram 4 quilos!!!!

Muitas vezes, ficamos com o ponteiro da balança estacionado e temos a impressão de que estamos fazendo muitos sacrifícios, como passar vontade, passar fome, deixar de aproveitar a vida social… E mesmo assim, não perdemos um grama sequer!
Bate um desespero né?

O problema é que esses sacrifícios podem estar sendo inúteis mesmo! Eu já estive nesse lugar e sei o quanto pode ser frustrante!

Mas, eu descobri o caminho das pedras, depois de muito bater a cabeça e consegui “destravar meu metabolismo”, comecei a perder peso e, em 10 dias lá se foram 4 quilos!!!!

Como eu sei o quanto pode ser aflitivo ficar nessa situação, resolvi compartilhar com vocês a minha descoberta; porque, acredite…. Tem muita gente que esconde esses segredos!

Aqui vão eles:

1. A gordura abdominal faz você ficar paralisado num peso acima do recomendado. Quanto mais gordura abdominal, mais fome você terá, mais você vai comer e mais gordura abdominal vai acumular. Entendeu o ciclo? Mas… Como quebrar! Faça 10 dias de choque! Tire TODO o carboidrato processado da sua dieta (pão, macarrão, bolacha, biscoito, salgadinhos…). Inicie seu café da manhã com uma refeição completa: 1 fruta grande, 2 ovos (cozidos, mexidos, fritos, quentes… como quiser e preferir), duas fatias de queijo (qualquer queijo). Você verá como vai demorar muito mais para voltar a sentir fome.

2. Outro sabotador da perda de peso é a retenção de líquidos! Essa diabinha, te deixa inchada, com cara de acabada e com olheiras! Dê um passa fora nela! Como??? Chá de cavalinha (vende em qualquer loja de ervas e tem até em cápsulas). Dois litros por dia! Se for tomar as cápsulas, 2 plea manhã em jejum com dois copos de água e mais 1 litro e meio de água ao longo do dia. Não se assuste se começar a ver bolinhas de gordura no seu xixi! É você eliminando essa gordura abdominal insuportável!

3. Leve lanchinhos numa bolsinha térmica, mas muita atenção: NADA DE COMIDA DE PACOTINHO! Leve tomatinhos cortados, cenourinhas, ovinhos de codorna, cubinhos de queijo, franguinho desfiado com uma colherzinha de requeijão, frutas). Não passe fome!

4. Castanhas e sementes! As castanhas ajudam demais a eliminar essa gordura visceral (da barriga) que pode fazer você desenvolver doenças perigosas como Diabetes Tipo 2, Altos Níveis de Colesterol Ruim e Pressão Alta! Está sem grana? Castanhas custam caro? Compre amendoim, que é baratinho, semente de abóbora e girassol. Faça pacotinhos e consuma um punhado que caiba na sua mão no meio da manhã e outro no meio da tarde.

5. Inclua 30 minutos de caminhada aos seus dias, sem falhar!

6. O açúcar é o terceiro maior vilão da história toda, o adoçante também! Não caia nessa de usar adoçante! Se não conseguir tomar café sem açúcar, vá diminuindo meia colher por dia. Sucos e chás sem açúcar! Se não der… Uma colherzinha de mel! O mel tem muitos nutrientes sais minerais! E se bater um desespero por doce, sem problema, delicie-se com uma barrinha de chocolate meio amargo daquelas pequenas, ok? Esse chocolate em cima de uma banana assada, por exemplo… Hummmmm fica MARA!

7. Não se pese durante esses 10 dias! Confira seu peso um dia antes de começar as mudanças e no final do décimo dia! Depois me conte os resultados! Vou ficar esperando, hein?!

OBSERVAÇÃO: DEPOIS DESSES DEZ DIAS, VOCÊ VAI SE SENTIR TÃO BEM QUE NÃO VAI QUERER MUDAR O SEU JEITO DE COMER, EU GARANTO! MAS… SE QUISER COMER UMA MASSA, UM PÃOZINHO OU GULOSEIMA, FAÇA-O NA HORA DO ALMOÇO, OK? NUNCA NO CAFÉ DA MANHÃ NEM À NOITE… NO PRÓXIMO TEXTO EU TE CONTO O PORQUÊ!

“Aqui só amor e luz para vocês!”

Nota da página: nunca comece uma alimentação restritiva sem a orientação profissional. Para mais informações, procure um especialista da área que possa dizer se essas dicas se adequam ao seu organismo.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Ana Macarini
"Ana Macarini é Psicopedagoga e Mestre em Disfunções de Leitura e Escrita. Acredita que todas as palavras têm vida e, exatamente por isso, possuem a capacidade mágica de serem ressignificadas a partir dos olhos de quem as lê!"